universe-1622107_640Entenda na prática como utilizar os momentos oportunos para trabalhar os objetivos da empresa, e saiba qual a diferença de optar por games corporativos customizados para Team Building

O fim de ano é um dos momentos ideais para engajar o time e ajudá-lo a entrar em sintonia com os objetivos corporativos. Pode-se, é claro, citar outros momentos – como fusões, contratações, convenções – que abrem espaço para buscar o caminho entre equipe e objetivo. A pergunta aqui é: de que forma unir a ocasião com a necessidade (de celebração, de planejamento estratégico e de integração de funcionários)? É possível ainda difundir os valores da empresa, treinar a visão sistêmica, a sinergia, a comunicação e a cooperação dos colaboradores?

Para atender sob medida a necessidade das empresas, unindo uma série de demandas em apenas uma ação, atualmente existem games corporativos customizados. Quando a escolha é essa, uma equipe multidisciplinar mergulha no universo da empresa para desenvolver um game multimídia,  e utilizam por exemplo design, mecânicas, tabuleiros, entre outros acessórios. Levam como base metodologias para envolver as três partes do cérebro, ativando a emoção, a razão e a ação. A vivência final deve engajar, cumprir os desafios da empresa, mas deve ainda inspirar cada participante com o objetivo corporativo.

Os resultados básicos dos jogos para empresas

Não estamos falando de apenas impactar para que aquele momento seja emocionante e fique na memória da pessoa, que seja uma experiência que faça com que os participantes venham agradecer no final, mas, além de tudo isso, o aprendizado da experiência seja aplicado pelos colaboradores no dia a dia (o que acontece se ele realmente aprende e coloca em prática o conteúdo, saiba mais aqui sobre a utilização das três partes do cérebro e a metodologia de bioaprendizagem).

A metodologia para gerar memória de longo prazo é essa que faz com que cada um consiga conectar o conteúdo do jogo com o seu dia a dia, o que podemos considerar como o real resultado de um treinamento. Frisando, um dos diferenciais da gamificação é fazer com que os participantes consigam aplicar os aprendizados em seu trabalho.

Além disso, os games carregam a responsabilidade da aceleração da aprendizagem, ou seja, têm como potencial unir tudo o que deve ser ensinado dentro de uma plataforma, que será aplicada por algumas horas de jogo. Isso tudo, seja para alinhar conceitos, para gerar o empoderamento criativo em um planejamento, para desenvolver competências ou ainda para ensinar conteúdo complexo. É por isso que a gamificação e a aprendizagem conversam tão bem!

O fato é que no Team Building, por meio da gamificação, esses projetos de construção das equipes ganham a possibilidade de gestão completa e interativa, com participação efetiva de diferentes áreas e visões. Além disso, essa atividade facilita a análise individual e o desenvolvimento de liderança, por exemplo.

Mas, se você ainda não sabe como melhorar o Team Building ou colocar a gamificação em prática, saiba que essa chance está cada vez mais perto e acessível. E ela pode ser a chave para tornar sua estratégia de capacitação e planejamento muito mais assertiva e prática.

E aí, a rotina da sua empresa dá um jogo? Claro que sim! Mas, para isso, é importante ter a metodologia certa. Sabe qual? Então, fique atento ao Blog i9Ação e descubra o poder da colaboração nesse processo. Até mais! 

7 E-mails sobre Gamificação da Integração de Novos Colaboradores

imagem1

Leave a Comment