CONARH_RevistaMelhorPalestrantes explicam como gamificação ativa regiões cerebrais que geram engajamento, melhoram performance e estimulam inteligência colaborativa.

Colocar a mão na massa e criar um game. Essa foi a proposta do último painel do segundo dia do CONARH 2015, Game Jam, com o palestrante Fernando Seacero, da I9ação, empresa especializada em gamificação em ambientes corporativos. “Ontem, na abertura do congresso, a Leyla, presidente da ABRH-Brasil, comentou que esse evento é uma co-criação de todos os RHs aqui presentes, portanto hoje vamos co-criar alguns games. Vocês topam esse desafio?”, indagou ao auditório Seacero.