criar uma Academia Digital de Vendas

Imagem: Marcus Souza

Treinamentos para formação ou atualização de vendedores como uma Academia Digital de Vendas precisam engajar para serem eficientes, funcionarem por mais tempo e, realmente, impactarem os resultados. Hoje, muitas empresas ainda erram ao entregar um formato em que o participante tem acesso a muito conteúdo e pouca interatividade. O aprendizado é sério, mas tem que ser divertido.

Vendedores não têm tempo para complicação nem paciência para conteúdo chato. Por isso, os treinamentos são muito mais atraentes quando envolvem facilidade e agilidade, ou seja, o conteúdo deve estar na palma da mão, ser divertido e instigante, rápido e fácil. Além disso, a ferramenta utilizada precisa ser intuitiva e se tiver uma interface similar à das redes sociais será ainda mais atraente e gostosa de usar.

Plataformas gamificadas e digitais já são desenvolvidas pensando nesse desafio, elas podem ser como um aplicativo para celular totalmente personalizado com a marca e conteúdo da empresa, por exemplo. Portanto, o mais indicado é que a equipe tenha acesso pelo tablet ou smartphone, o que é essencial para uma função que atua em mobilidade: enquanto aguarda uma reunião, usa alguns minutos para “jogar” no App.

Para esse público é melhor evitar o desenvolvimento de treinamentos que precisam ser realizados em um computador.

 

A facilidade de gestão da ferramenta