TrabalhoAo entrar no mercado de trabalho, tenho certeza que não foi só minha a busca por uma forma de manter, ao menos, um pouco da sensação de criatividade e liberdade. Alguns encontraram!

Um dia, ainda na época de universidade, um amigo meu escreveu uma carta para si mesmo. A carta era uma despedida, da vida e da liberdade vivida até ali, para entrar (como ele definiu) no “mundo dos homens sérios, onde nosso pescoço é preso por uma gravata e nossas ideias limitadas por sua patente”.

A partir destas inquietações, iniciei meus estudos no último ano universitário sobre memória, desenvolvimento humano, engajamento e prazer no trabalho. E, após alguns anos de experiência de trabalho, percebi que a necessidade de metodologias e estratégias para facilitar o engajamento e a felicidade, em diferentes posições e funções nas organizações, era uma grande oportunidade.


play-stone-568180_640A gamificação aparece atualmente entre novas metodologias que solucionam muitos desafios corporativos. As dinâmicas dos jogos são a cada dia mais reconhecidas como ferramentas eficientes para engajar e aumentar a produtividade de colaboradores, além de melhorar a relação com clientes.

Por exemplo, jogos para empresas está entre as  formas de instituir treinamentos eficientes e com alto índice de participação dos colaboradores. É utilizada para incentivar o uso de novos sistemas e processos em um ambiente de trabalho e conseguir o maior número de adesão por parte dos funcionários. Pode ser uma estratégia para destacar uma marca, envolvendo um grande número de consumidores e gastando poucos recursos.


final

Bárbara Nór

Da Revista VOCÊ S/A, em São Paulo

Os brasileiros são conhecidos como um povo comunicativo. E esse clichê se repete no trabalho: 45% dos profissionais do país se encaixam em um perfil comportamental que tem facilidade para estabelecer vínculos e pouca objetividade para tratar de problemas.

Essa é a conclusão do psicólogo Fernando Seacero, da i9ação, consultoria de São Paulo, com base em treinamentos com mais de 30 000 profissionais. Com base na pesquisa, a empresa mapeou quatro perfis de comportamento.