microlearning na segurança do trabalho

Imagem: Marcus Souza

As empresas precisam garantir que os padrões de segurança do trabalho sejam respeitados por todos, especialmente por aqueles que o trabalho envolve algum risco. É papel dos empregadores conscientizar seus funcionários sobre os processos e procedimentos de segurança. E você sabia que uma duas metodologias que ajudam nisso são microlearning e gamificação?

É fundamental garantir que os times façam seus trabalhos com conhecimento total das operações e medidas de segurança. Embora as empresas possuam maneiras próprias de treinar sua equipe, a forma de treinamento mais tradicional nem sempre é eficaz. 

As organizações geralmente consideram a SIPAT, a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho como o único treinamento de segurança no ano. Uma programação intensa para abordar tudo o que é importante. E queremos mostrar que existem formas de melhorar essa experiência.

Confira agora os detalhes sobre a eficácia da gamificação e do microlearning na segurança do trabalho e como sua empresa pode colocar essas soluções em prática.

 

Como combater a falta de interesse nas práticas de segurança do trabalho?



microlearning

Imagem: Marcus Souza

 

Se a quarentena é um período de pausa para uma análise profunda de todos os processos, o treinamento dos colaboradores também não tem escapatória. Por isso, hoje estamos aqui para falar sobre o Microlearning

Mas antes, precisamos falar sobre os treinamentos tradicionais, que imploram para serem repensados. Não é de hoje que ouvimos a expressão “Morte pelo  PPT”. Seja o chefe ou o colaborador, todos clamam por soluções mais modernas, mais eficientes e mais legais, afinal, todos querem estar em um local cheio de engajamento. 

Você já deve ter acompanhado nossos posts sobre como gamificar seus processos. Porém, hoje, por três motivos nosso foco é abordar o Microlearning:

 

  • É uma metodologia que merece sua atenção pelo simples fato de vir para mudar padrões e conceitos;
  • Hoje em dia é preciso se atualizar com o que há de melhor no Brasil e no Mundo;
  • Nosso fundador Fernando Seacero indica o livro Microlearning: Short and Sweet, de Karl M. Kapp e Robyn A. Defelice.


aprendizagem corporativa

Escolha as 3 opções certas sobre aprendizagem corporativa na cultura 4.0 🙂

O que você poderia imaginar que seria o futuro da aprendizagem corporativa na verdade já é o presente e está aqui: nos ambientes empresariais também. Os métodos tradicionais estão mudando rapidamente, passando para modelos mais dinâmicos e interativos. Quer saber as novidades sobre estratégias de aprendizagem? Vem comigo!

A Indústria 4.0 surgiu com a entrada de novas tecnologias para entretenimento, para facilitar a nossa rotina e para termos acesso a um grande volume de informações. A chegada da tal Cultura 4.0 impacta completamente no comportamento da sociedade e reflete dentro da cultura organizacional.

Devido a essa nova realidade, as necessidades ligadas à aprendizagem corporativa estão crescendo (e mudando) em todas as áreas. Aí começamos a nos deparar com universos complexos chamados Microlearning, Gamificação e Aprendizagem em rede.

E o que será que realmente significa isso?

 

O que muda em termos de aprendizagem corporativa na cultura 4.0?