treinamento LGPDImagem: Marcus Souza

Por Fernando Seacero

A LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) enfim entrou em vigor no dia 18 de setembro de 2020, depois de alguns impasses por conta do período de pandemia. Isso significa que a partir desta data, todas as empresas precisam estar em conformidade com a Lei. E claro que para isso acontecer, o treinamento de LGPD é essencial em qualquer organização.

Afinal, os colaboradores de diferentes times, que possuem contato direto com os considerados dados pessoais, sejam de clientes, fornecedores, parceiros ou até da base de contatos do marketing e de vendas, precisam estar preparados para agir da maneira correta, seguindo os conceitos descritos na lei.

Mas precisamos deixar algo bem claro: é preciso descomplicar a LGPD para que todos saibam interpretar a melhor forma de agir de acordo com situações e comportamentos do cotidiano. E a melhor forma de assimilar isso é por meio da interatividade e gamificação.

Confira abaixo como comunicar os conceitos da LGPD por meio de um jogo interativo, ferramenta para todos que precisam aplicar a nova lei no dia a dia e treinar colaboradores da forma mais ágil e lúdica possível.



Fernando Seacero, coordenador do Open Innovation do CONARH, foi entrevistado pelo Crypto ID para falar sobre novas tecnologias em RH. Confira a entrevista com participação também de Sandra Gioffi, diretora do CONARH

Fonte: Crypto ID

Desde que surgiram os primeiros artigos sobre GDPR (General Data Protection Regulation) e LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados -, os grandes interlocutores entre os reguladores e empresários foram os advogados.

O que faz todo o sentido, uma vez que, as penalidades pelas infrações deverão, necessariamente, ocorrer sob litígio, portanto, obrigatoriamente por meio jurídico.