CriatividadeO Game Jam motiva o engajamento dos jogadores, estimula a criatividade e os torna capazes de produzir um conteúdo rico em pouco tempo

Hoje em dia, as empresas precisam encontrar métodos para que possam fazer seus funcionários terem um ótimo desempenho, serem engajados e darem o máximo do potencial nas tarefas do trabalho.

E você sabe qual o método usado por grandes empresas? Os jogos corporativos. Sim, é isso mesmo! Empresas como Google, Telefônica, Santander e outras usam o Game Jam para desenvolver diversas habilidades de seus funcionários.


GamificaçãoA gamificação é utilizada pelas empresas para despertar o potencial criativo e de inovação dos colaboradores

No universo empresarial, a cocriação de jogos corporativos é cada vez mais uma solução de treinamento. Hoje em dia, grandes e médias empresas estão adotando o Game Jam da i9Ação para despertar o potencial criativo e também para promover integração entre toda a equipe.

Para falar de engajamento, o Portal Gestão & Negócios publicou uma nota sobre como os jogos corporativos estão sendo utilizados para envolver os funcionários de maneira criativa. A nota aborda, inclusive, que a cocriação de jogos engaja por transformar os participantes em embaixadores do game criado.


A experiência do Game Jam foi aberta para executivos aprenderem como a gamificação é utilizada para o engajamento e a aprendizagem dos colaboradores

Para os executivos que precisam de uma ação diferenciada e eficiente com seus colaboradores e não conheciam o potencial dos jogos corporativos, foi oferecido, na última terça-feira (21), o Game Jam para disseminar a vivência de criar jogos empresariais. A iniciativa foi da i9Ação Treinamento e Desenvolvimento em parceria com o Espaço Fit, local do evento.

Publicado no Portal Mundo RH, o evento contou com a presença de 120 participantes, sendo 9 pessoas que já haviam participado antes. No total, foram 35 empresas e instituições representadas – como Cacau Show, Telefônica-Vivo, ESPM, KPMG, McDonald’s, TOTVS, Burger King, bem como, Caixa Econômica Federal e Associação Paulista de Medicina, que tiveram a experiência de cocriar jogos e conhecer a gamificação corporativa na prática.


Game Jam da i9Ação

Desenvolvida pela i9Ação, a experiência Game Jam transforma a participação criativa de cada jogador em um elemento rico para a formação de soluções gamificadas

Criar jogos para treinamento é uma tarefa complicada? Nada disso! O Game Jam da i9Ação foi desenvolvido com o propósito de disseminar o potencial do game de aprendizagem por meio de uma experiência envolvente, divertida, produtiva e, além disso, gamificada!

A metodologia se tornou uma ferramenta de engajamento que começa pela criação coletiva. E deu tão certo, que passou a ser utilizada também dentro das empresas para despertar o Potencial Criativo e de Inovação dos colaboradores, bem como, para promover Integração e Sinergia.


iA9ção - gamificaçãoA partir da criação de uma semente de jogo no Game Jam da i9Ação, o Tribunal de Justiça de Santa Catarina escolhe a gamificação como estratégia para ampliar resultados do Programa Teletrabalho. Leia o case publicado no jornal O Estado de S. Paulo 

Muitas instituições judiciárias têm trabalhado em busca de soluções que elevem o padrão de qualidade em suas operações. Este é o caso do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC), que descobriu, em uma vivência de gamificação, que seria possível ter um treinamento mais eficiente, capaz de motivar os servidores através da valorização da criatividade de cada um. Combinando pontos do dia a dia com técnicas de gamificação, o TJ-SC conseguiu uma boa alternativa para os desafios do seu Programa de Teletrabalho.

Com foco em produtividade e qualidade de vida, o principal objetivo do Tribunal era encontrar uma forma para tornar o treinamento do Teletrabalho mais simples, prático e eficiente. Nesse cenário, todo o processo de aprimoramento de tarefas e de fixação de conhecimento deveria orientar e motivar os servidores a aderirem ao sistema do programa, sem comprometer a produtividade das equipes. Na prática, a meta era aumentar em 20% a produção dos cadastrados, além de melhorar a qualidade de entrega do trabalho e de vida dos servidores.


Fernando SeaceroEm outubro, Fernando Seacero levará a gamificação como um dos temas de destaque em eventos em dois dos principais eventos do setor de Recursos Humanos no país (saiba mais sobre o evento em DF)

Especializada no desenvolvimento de jogos e soluções criativas para o mercado corporativo, a i9Ação Treinamento e Desenvolvimento marcará presença na 11ª edição do Congresso de Gestão de Pessoas da ABRH-BA, em Salvador (BA), que acontece nos dias 6 e 7 de outubro. Já no dia 19 de outubro será a vez de Brasília, com participação no ENCONTRARH 2016 – 26º Encontro Anual de Recursos Humanos do Planalto Central, realizado pela ABRH-DF.

Durante o evento em Salvador, Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação, comandará o Game Jam, vivência de cocriação de jogos empresariais. Em Brasília, a temática da palestra será “Games – Aprendizagem e engajamento para vencer desafios complexos”, mostrando como a utilização dos recursos de gamificação podem apoiar o dia a dia das empresas.


A aprendizagem em rede fortalece a inteligência coletiva

Saiba como os processos estruturados de aprendizagem em rede podem ajudar a sua empresa a melhorar a comunicação, empatia, visão sistêmica e trabalho colaborativo da equipe

Na vida corporativa, que está cada vez mais dinâmica com os efeitos do mundo globalizado e virtual, um dos desafios mais comuns é conseguir envolver os colaboradores. Seja para entender e alinhar os objetivos da empresa ou para conseguir resolver problemas do dia a dia, a necessidade de engajar o time é inevitável – e muitas vezes essa é a maior dificuldade a ser vencida. E uma forma de solução é a aprendizagem em rede.

A solução de engajamento pode ser encontrada, acredite, pela própria equipe! Estar atento à diversidade de ideias e aproximá-las pode ser um trunfo importante para facilitar o convencimento interno. E é por isso que muitas companhias vêm apostando em estratégias que valorizem a Inteligência Coletiva como parte das ações de integração dos funcionários, de aprendizagem de conceitos institucionais, de desenvolvimento de competências, treinamentos etc.


Game Jam

Em 2015, foi despertada a curiosidade do autor do blog Reminiscências sobre o Mega Game Jam, que aconteceu no CONARH. Na época, soube da metodologia por meio de seus pais, que participaram do grande evento de cocriação e forneceram ao autor diversas informações como você pode ver aqui.


Palestra 16h50-19h30 (193)Captar recursos para o departamento de Recursos Humanos sempre foi um desafio para os gestores de RH. Num momento de crise como a que o país enfrenta, em que muitas empresas estão apertando os cintos e fazendo poucas concessões, a maior parte de verba disponível para investimentos acaba caindo no colo dos departamentos diretamente ligados à vendas, como o Marketing.

Embora esse cenário possa parecer preocupante para a maior parte dos gestores, são nesses momentos que os executivos têm a chance de dar uma grande visibilidade para a sua área. Como? Trazendo soluções criativas, de baixo custo e alta geração de resultados, e que consigam impactar a empresa como um todo. Esse será o assunto do nosso post de hoje, acompanhe:


O CONARH 2015, o maior evento de RH, aconteceu no mês de agosto com o foco na arte da gestão de pessoas. A i9Ação teve sua participação com o Mega GameJam que gamificou quase 2 mil pessoas e propôs aos participantes a criação de jogos em busca de soluções inovadoras para empresas.

A Revista Profissionais e Negócios realizou uma matéria sobre o evento e o sócio-fundador da i9Ação, Fernando Seacero, explicou sobre a importância dos games como forma de treinamento nas empresas. “Sementes de game são estruturas básicas que contêm o tema, o objetivo, as regras, as interatividades e o funcionamento, bem como a primeira forma física do game”, explica.