E agora, lives!Futuro chegou com tudo e (quase) todos nós viemos instantaneamente vivenciar o home office e a utilização de plataformas de comunicação. Toda preparação e evolução pensadas pelas empresas neste caminho foram aceleradas, e muitos estão agora em uma curva de aprendizagem sem precedentes sobre a forma de trabalho. Esta mudança trouxe algumas surpresas

Todos os dias converso com gestores e executivos de diversas organizações e, quando pergunto como estão as coisas, é quase que uníssono:

“E não é que a produtividade está ainda maior?”.

Também escuto vários outros comentários de como o número de calls está insano ou mesmo como é difícil a vida e o trabalho em casa com as crianças.

Mas, no geral, outro relato tem me deixado ainda mais perplexo.

“Cara, acho que é um caminho sem volta. Estamos estudando estrategicamente a possibilidade de não voltarmos mais de fato para o escritório”.

Junto com estas mudanças na aprendizagem organizacional aconteceu um fenômeno.