Funcionários engajadosi9Ação foi destaque em reportagem sobre liderança

Segundo pesquisa elaborada pela Robert Half, empresa especializada em recrutamento, nove em cada dez empresas brasileiras possuem profissionais com perfil de liderança.  O problema, porém, é que a maior parte dessas companhias não conseguem identificar esses líderes por não terem programas sistemáticos voltados para essa descoberta.

Mas como isso impacta, de verdade, a rotina das empresas? Este foi o ponto de partida para reportagem do Portal Fecomercio, que contou com a participação de Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação e especialista no desenvolvimento de treinamentos gamificados.


TrabalhoAo entrar no mercado de trabalho, tenho certeza que não foi só minha a busca por uma forma de manter, ao menos, um pouco da sensação de criatividade e liberdade. Alguns encontraram!

Um dia, ainda na época de universidade, um amigo meu escreveu uma carta para si mesmo. A carta era uma despedida, da vida e da liberdade vivida até ali, para entrar (como ele definiu) no “mundo dos homens sérios, onde nosso pescoço é preso por uma gravata e nossas ideias limitadas por sua patente”.

A partir destas inquietações, iniciei meus estudos no último ano universitário sobre memória, desenvolvimento humano, engajamento e prazer no trabalho. E, após alguns anos de experiência de trabalho, percebi que a necessidade de metodologias e estratégias para facilitar o engajamento e a felicidade, em diferentes posições e funções nas organizações, era uma grande oportunidade.


icon-1298908_640Ouça a entrevista com Luis França, diretor de RH & TI para a América do Sul da Kordsa Global, e saiba como o jogo personalizado desenvolvido pela i9Ação transformou as ações de Team Building para aumentar a qualidade dos processos da companhia

 

Saiba os resultados positivos que o jogo trouxe para a Kordsa! Escute, agora, essa entrevista inspiradora com Luis França:

1 – Qual era a necessidade da Kordsa Global antes de aplicar a gamificação?

 


Quer conhecer novas formas de treinar e engajar a sua equipe?

Game Jam

Considerada uma tendência global, a Gamificação utiliza elementos de jogos para resolver situações reais. Mas, isso não significa que basta levar os jogos para sua empresa. Saiba como encontrar e escolher a sua solução gamificada

Hoje em dia, com a infinidade e a velocidade de informação que circula na era digital, passar um PPT dentro de uma sala de aula não é o suficiente para envolver o participante em uma proposta.

Pensando nisso, recentemente, temos publicado uma série de materiais para ajudar você a encontrar e a escolher uma solução de Team Building:


Por Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação

TeamworkMuitas empresas estão em busca, cada vez mais, de soluções que podem ampliar o envolvimento dos colaboradores nos processos da organização e, assim, melhorar seus resultados. Por isso, nos últimos anos, iniciativas com gamificação tornaram-se grandes aliadas dos profissionais de Recursos Humanos. Tanto tabuleiros físicos como soluções digitais, principalmente os feito sob medida e personalizados, estão sendo opções na busca de engajamento e de ampliar o diálogo, o impacto, a integração e a produtividade.

Recentemente, li um artigo sobre isso no site da HR.Blr.com, de autoria de Karen Hsu, vice-presidente de Marketing da Badgeville, empresa norte-americana especializada na área. Achei a abordagem que ela deu ao tema tão interesse que decidi trazer para vocês uma tradução livre dos pontos mais interessantes. Confira!


gamificaçãoA i9Ação fez uma tradução livre de um post da VP de Marketing da Badgeville, publicado pelo HR.BLR.com, para trazer ao blog as mais recentes e relevantes informações sobre RH do mundo. Confira:

As equipes de Recursos Humanos das organizações já entendem que para melhorar o desempenho dos funcionários e gerar melhores resultados em toda a organização, é preciso aumentar o engajamento. O RH está ciente da falta de engajamento dos colaboradores e busca novas estratégias para mudar esse cenário. De acordo com um recente  estudo da Mercer, funcionários engajados entregam uma experiência superior aos clientes, o que melhora a rentabilidade e constrói o valor da marca.


Game Jam

Em 2015, foi despertada a curiosidade do autor do blog Reminiscências sobre o Mega Game Jam, que aconteceu no CONARH. Na época, soube da metodologia por meio de seus pais, que participaram do grande evento de cocriação e forneceram ao autor diversas informações como você pode ver aqui.


Ter um colaborador engajado, produtivo e alinhado com os valores da empresa é desejo de qualquer executivo. E a receita para formar um funcionário com essas características pode estar nos games corporativos. No Fórum de Gestão de Pessoas realizado na sede da Amcham Brasil, terça-feira (24/11), Fernando Seacero, sócio-diretor da i9Ação explicou como isso é possível.


engajamentoCom quase 30 mil pessoas no evento, o CONARH 2015 gerou grandes oportunidades e conexões para os participantes.
Com o propósito de ampliar o networking no evento, a i9Ação, em parceria com a Goldark, criou um aplicativo gamificado que trouxe mais engajamento na comunicação, de forma criativa e interativa.

Saiba mais lendo a matéria publicada no jornal O Estado de S.Paulo, em Pessoas de VALOR RH!


tentativa FINAL

Sem título

Numa sala, executivos e profissionais da área de recursos humanos de diferentes setores e das mais diversas companhias estão tentando criar um jogo interativo para processos de seleção, retenção ou treinamento de profissionais. A cena se tornará realidade na próxima terça-feira, no Auditório do Saber do Transamérica Expo Center, em São Paulo, e será uma das atividades do Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas – Conarh 2015, que ocorrerá de segunda a quinta-feira desta semana. O tema do evento é a “A Arte da Gestão de Pessoas – Desafios, incertezas e complexidade”.