Revista VOCÊ SA: Conheça o lado bom do Perfil Ambivalente

A matéria “Ou Isto ou Aquilo”, publicada pela Revista Você SA no mês de abril, aborda a temática

gamificação e preferências humanasA matéria “Ou Isto ou Aquilo”, publicada pela Revista Você SA no mês de abril, aborda a temática da ambivalência, mostrando que a escolha muitas vezes é um momento difícil principalmente para as pessoas denominadas ambivalentes. Você pode ler a matéria completa nas imagens abaixo!

Todas as pessoas têm dificuldades na hora de escolher, mas existem aqueles que analisam a fundo os dois (ou mais) lados da situação. Aqueles que veem tantos detalhes na hora da decisão são tachados de indecisos ou em cima do muro. Mas a questão é que esse perfil, é claro, tem seu lado positivo e pode agregar muito em uma equipe.

A matéria cita: “em uma situação ruim, essas pessoas tem mais facilidade em encontrar o lado positivo. Elas também conseguem organizar as informações e entender consequências de diferentes decisões

Segundo declaração de Fernando Seacero, da i9Ação Treinamento e Desenvolvimento, uma pessoa que age rapidamente e faz ajustes ao longo da ação para corrigir a primeira decisão normalmente é vista como alguém que resolve rápido. Já a outra que pensa por mais tempo antes de agir, mas uma vez decidida, age mais rapidamente, é vista como lenta e indecisa.

Ele ressalta: “São processos diferentes, mas, no fim, o tempo de entrega é o mesmo”, diz Fernando Seacero, psicólogo e sócio da i9Ação, declaração baseada em sua metodologia Preferências Humanas, que também já foi divulgada pela Você SA e pelo Jornal Hoje, da Globo. Para ele, muitas vezes, o perfil “Percebendo Padrões” identificado pela metodologia pode ser mais indeciso.

Você já conhece a metodologia de Preferências Humanas? 

Todas as pessoas pertencem a um dos quatro grupos de Preferências Humanas: Tocando em Frente, Percebendo Padrões, Conectando-Se ou Pensamento Sistêmico. Cada grupo de pessoas tem suas preferências específicas de processos de comunicação, formas de aprendizagem, formas de planejar e lidar com mudanças, ritmos de atividades etc.

As preferências são alicerçadas em uma metodologia, denominada Human Dynamics, estudo do MIT liderado pela Dra. Sandra Seagal e associados. Elas têm um sólido embasamento teórico, aplicada desde 1979, e que envolveu mais de 300 mil pessoas representativas de 30 culturas diferentes. São utilizadas em esferas educacionais, públicas e privadas. Na Suécia, por exemplo, mais de 25 mil professores aplicam essa metodologia.

O modelo criado pela i9Ação permite a aplicação em evento presencial estimulando o diálogo, a descoberta individual e a empatia. A vivência tem uma simplicidade conceitual que permite o rápido entendimento e absorção dos conteúdos.

Deixe aqui o seu comentário!

Materia Você Abril_2016 _10001 (2)

Materia Você Abril_2016 _10002 (2)b

Deixe um comentário