storytelling gamificacaoSe seu desafio é engajar cada colaborador a aprender e a se conectar com as questões fundamentais da sua empresa, chegou a hora de entender o que uma solução eficiente tem de especial. Começando pelo Storytelling

O que é essencial para desenvolver uma solução de sucesso para aprendizagem e engajamento? Para responder a esta pergunta, e também para direcionar os seus primeiros passos para adotar metodologias eficientes, o Blog AVATARH está lançando a Série Princípios da Gamificação.

Então, se você sempre se perguntou porque a gente fala tanto em experiências gamificadas, prepare-se para compreender cada um dos recursos que envolvem esse universo.

E, para começar, vamos falar logo de cara sobre fabuloso mundo do Storytelling.

Senta, que lá vem história! E das boas…

Assim como em todo bom conteúdo, o storytelling é uma alternativa para sua empresa não desperdiçar tempo e recursos com métodos ineficientes para engajar os funcionários.

Para você ter uma ideia disso, assista esse vídeo que demonstra o Storytelling de um treinamento gamificado na Disal.

Pronto! Agora que você conheceu na prática esta introdução sobre um game corporativo, e teve uma rápida degustação de como o Storytelling pode ser usado, que tal saber agora qual deve ser a sua caminhada rumo ao sucesso?

Na gamificação para aprendizagem, uma das primeiras escolhas a serem feitas é qual o “tema” ou o “cenário” que vai embalar a experiência. E acredite: as escolhas são inúmeras, e a decisão certa é fundamental para estimular a participação de seu colaborador no treinamento e simplificar a forma como a mensagem de sua companhia é levada ao time.

Isso porque todos os games de aprendizagem e engajamento, digitais ou “de tabuleiro”, devem começar com uma história envolvente, que convide os participantes a sair do seu lugar-comum. A ideia é que a gente faça o participante a mergulhar num novo universo de possibilidades (de experimentar, de perceber, de se conectar e de aprender).

E o mais interessante é que a descoberta deste universo de learning games, gamificação e processos gamificados traz uma grande vantagem: a diversidade de alternativas disponíveis para trabalhar, sem correr risco de investir naqueles treinamentos em PPT, que dão sono em muita gente.

Eu preciso de uma história fantástica?

Quase todo jogo tem seu storytelling: ele pode ser hiper-realista ou super fantasioso (ou a mescla dos dois), mas o fato é que um jogo sem história perde bastante do seu apelo.

Games sem história nem cenários até existem (o Gamão ou o Tetris, por exemplo). Mas se estamos falando de gamificar algum tema, estamos falando também de criar conexão emocional entre as pessoas, certo?

E aí não resta dúvida: histórias ativam a imaginação e convidam as pessoas a criar novas conexões, o que potencializa e muito a experiência de um game corporativo digital ou analógico.

Quer conhecer um exemplo de Storytelling aplicado em projetos de gamificação? Então, confira:

Case de Storytelling: desenvolvendo lideranças

Para atender a demanda específica de um cliente no desenvolvimento de Lideranças, criamos um Storytelling inspirado na busca do autodesenvolvimento e no oriente, e criamos o game chamado A Viagem – Ascenção no Himalaia.

Em resumo, como você assistiu no vídeo introdutório do game da Disal, a trama envolve um grupo de líderes convocados para uma jornada rumo ao Himalaia, com a missão de encontrar o Grande Mestre que compartilharia a SABEDORIA SOBRE LIDERANÇA.

A rota para a Liderança:

Esta solução de gamificação blended é composta por 3 games interconectados:

  • 1 º Módulo: digital e individual, os jogadores são convidados a viajar até a cidade de Katmandu, aos pés do Himalaia, onde se encontrarão com outros líderes para buscar o Grande Mestre. No caminho até lá é preciso reunir recursos e talentos necessários para a expedição, além de manter sua equipe engajada e motivada.
  • 2 º Módulo: apresenta um game presencial de 8 horas, os participantes se deparam com um tabuleiro gigante, mostrando montanhas e caminhos a serem explorados, e são convidados a vencer o desafio apresentado no vídeo de introdução.
  • 3 º Módulo: com um jogo empresarial digital, é apresentada uma metáfora da escalada da montanha para criar uma rede de compartilhamento de melhores práticas de liderança, na qual é possível postar vídeos e qualificar diferentes soluções para os desafios de liderança exigidos na rotina da empresa.

Este é um exemplo de uso de Storytelling em projetos de gamificação, e uma prova de que é possível tratar de temas sérios e estratégicos (a sua história) com leveza e bom-humor.

Para abordar os temas da liderança e desenvolver as competências-chave identificadas no início do projeto, listamos todos os pontos que o jogo deveria abordar, e logo descobrimos que existiam muitos cenários possíveis para envolver os jogadores nesta experiência.

Dicas e critérios para o sucesso do seu Storytelling

Esse tema foi o escolhido porque reúne algumas características interessantes:

  • É inspirador: a jornada do autoconhecimento e para a auto superação tem ressonância em todas as pessoas;
  • É familiar: muitos filmes e livros já exploraram este ambiente, facilitando o mergulho dos jogadores neste universo;
  • É desafiador: uma grande aventura no verdadeiro estilo Indiana Jones é ao mesmo tempo difícil e empolgante;
  • É “mágico”: a introdução um “ambiente mágico” no qual habitam andarilhos, mestres e Yetis permite que os jogadores acessem sua criatividade e ativem mais seu cérebro límbico, abrindo espaço para elementos-surpresa e insights;

É importante observar que os games digitais e presenciais deste projeto poderiam muito bem desenvolver as competências-foco sem o uso de metáforas: mas esse storytelling afasta os jogadores da dura realidade do dia a dia e os convida a entrar num universo não familiar, no qual as reações automáticas são reduzidas e é possível experimentar mais.

E nós, adultos, aprendemos principalmente através da experiência!

Então, aplique isso já em sua rotina e torne sua empresa em um ambiente muito mais inspirador e produtivo! Se ainda tem dúvidas sobre a gamificação, agende uma consultoria aqui!

 

Clique aqui e receba 5 e-mails para transformar sua estratégia e aproveitar melhor o potencial da sua equipe com a Série Team Building.

Leave a Comment