o que é reboarding

O que é reboarding? Veja 6 benefícios e implemente já!

Certamente, você está acostumado com o termo “onboarding”, onde trabalhamos uma série de técnicas para integrar novos colaboradores.

o que é reboarding

Imagem: Marcus Souza

Certamente, você está acostumado com o termo “onboarding”, onde trabalhamos uma série de técnicas para integrar novos colaboradores. Porém, você já ouviu falar e sabe o que é reboarding?

Reboarding é um conceito novo que surgiu com a necessidade das empresas de se adaptarem ao novo cenário complexo que a pandemia desencadeou (principalmente com as adequações do trabalho home office e digitalização).

A ideia é: vamos aproveitar o que estamos elaborando para os novos colaboradores (onboarding) e adaptar para os colaboradores atuais. Assim, é possível mantê-los engajados com a organização e retomar conceitos como: valores, cultura, missão, visão, ética, compliance, dentre outros.

Agora que você já sabe porque o reboarding é a maneira de conectar os colaboradores aos novos tempos, vamos aprender mais sobre o que é reboarding. Venha conferir como ele pode ser uma ótima estratégia para o crescimento e desenvolvimento da sua empresa no mercado. Continue conosco!

 

O que é reboarding e como essa ideia surgiu?

Antigamente, o onboarding funcionava totalmente de forma presencial: a empresa agendava o Dia do Onboarding e, assim, os participantes ficavam de 4 horas a 2 dias em uma sala vendo uma apresentação (interminável) de conteúdos.

Quando os funcionários passam por essa experiência, eles não retêm muitos conhecimentos e, dias depois, provavelmente não se lembram de muitas informações importantes para seu trabalho. 

E o resultado?

O RH e as lideranças são bombardeados por perguntas sobre temas que já foram abordados anteriormente ou, pior, por não querer perguntar, o novo colaborador acaba demorando muito mais tempo para se adaptar na cultura e flow da empresa.

E aí que está o pulo do gato do onboarding para ganhar os novos campos do reboarding. 

As empresas começaram a perceber que, quando os colaboradores antigos são convidados a participar de um novo processo atualizado de onboarding, que foi redesenhado, aumentam seu engajamento com a cultura da empresa, bem como contribuem mais com as metas organizacionais.

Também notaram que a integração entre novos e colaboradores veteranos começou a ter um impacto muito positivo no processo de boas-vindas, na produtividade (de ambos) e na retenção de talentos.

Assim, começaram a fazer o onboarding contando — oficialmente — com a participação dos colaboradores antigos (por exemplo: criando grupos de 50% de cada público).

 

Por que o reboarding gamificado é a melhor escolha?

Se você curtiu a ideia de implementar um processo de reboarding junto ao onboarding da sua empresa, está no caminho certo rumo ao sucesso da organização.

No entanto, vale ressaltar que você não pode apostar em qualquer processo. É preciso reunir metodologia de aprendizagem, engajamento, experiência do usuário e o conteúdo que deve ser apresentado no seu melhor formato.

Os games digitais são, hoje — com a pandemia e também com a velocidade das informações —, a melhor alternativa para reter, integrar e fidelizar os talentos da sua organização.

Funciona assim por aqui: a empresa contrata a i9Ação e ela desenvolve um game 100% personalizado para a realidade do seu negócio. 

Para isso, ela faz uma imersão na sua empresa e arquiteta um jogo único e adaptado para atender os principais conceitos (cultura, valores, código de conduta, ensinamentos, regras, dicas) da sua organização.

Então, não tenha dúvida: se você quer implementar um processo único, inovador, tecnológico, ágil e eficiente para o processo de onboarding e reboarding, venha para a i9!

 

6 benefícios de investir no game da i9Ação para o onboarding e reboarding

Agora que você aprendeu o que é reboarding e como ele funciona, vem com a gente e conheça os principais benefícios de contar com a ajuda da i9Ação na hora de criar um processo diferenciado para o reboarding da sua empresa. 

1. Estimula a interação entre todos

Com o reboarding gamificado você pode, por exemplo, fazer com que o colaborador, para avançar para determinada fase, precise utilizar um código liberado por um de seus novos colegas. 

Então, para ele poder avançar, precisa de uma ajuda (que acontece por meio da interação com o colega). Portanto, essa é uma forma interessante para estimular o trabalho em equipe, a participação, o envolvimento e o engajamento entre todos, concorda?

 

2. Promove a satisfação dos colaboradores

Ao apostar no reboarding gamificado, os colaboradores sentem que a empresa se preocupa em investir na sua carreira e no seu crescimento pessoal e profissional.

Afinal, com um game personalizado, o colaborador entende que aquilo foi criado exclusivamente para ele, para o seu departamento e pensando só nele. 

Dessa forma, ele se sente mais feliz dentro da empresa. Afinal, trata-se de um processo realmente único e inovador.

 

3. Promove a real aprendizagem

O conteúdo do game de reboarding é todo pensado para atender os objetivos da sua empresa e favorecer a aprendizagem sobre os assuntos que você escolher. 

Então, o colaborador precisa imergir em um game, por meio da simulação de situações que fazem (ou farão) parte do seu dia a dia. Isso facilita (e muito) o seu processo de aprendizagem.

Afinal, ele interage com conteúdos que fazem sentido para a sua profissão e desenvolve as habilidades necessárias para desempenhar bem o seu papel.

 

4. Atualiza os conhecimentos dos antigos colaboradores

Muitas vezes, os colaboradores antigos têm tantas demandas e preocupações diárias que não conseguem acompanhar o que acontece na empresa. 

Nos últimos anos, houve alguma mudança na política interna? Como a LGPD está sendo aplicada em todas as áreas? A missão, a visão e os valores da organização sofreram alguma mudança?

Esses e outros questionamentos podem ser facilmente solucionados com os games. Afinal, eles revisam os conhecimentos dos antigos colaboradores. Então, o reboarding serve para atualizar as pessoas, fazendo com que elas entendam quais foram as mudanças que aconteceram e para receberem atualizações sobre a empresa.

Tudo isso, é claro, de uma forma inovadora, única e incrivelmente divertida. Afinal, dificilmente encontramos uma pessoa que não curte algum tipo de jogo, não é mesmo?

+ Leia também: Reboarding: a maneira inteligente de conectar colaboradores aos novos tempos.

 

5. Criar vínculos entre os colegas

Com o game de reboarding da i9Ação, o colaborador (novo ou antigo) aprende muito com o jogo. No entanto, ele também amplia os seus conhecimentos com base na troca entre colegas.

Então, essa é uma maneira para criar vínculos entre as pessoas e isso é muito importante, principalmente para quem está chegando agora na empresa. 

O novo colaborador chega e não entende muito sobre como funcionam os processos, quem procurar para pedir ajuda etc. Com o auxílio do game, ele terá contato direto com os colegas e, sempre que tiver alguma dúvida, certamente saberá a quem recorrer.

Dessa forma, o novo colaborador se sentirá muito mais a vontade para começar a trabalhar, pois ficará mais confortável. 

Então, ajuda de ambos os lados. Há a “Integração mais rápida da equipe que já está trabalhando com a nova que está recém chegando”, salienta Fernando Seacero.

 

6. Fornece o conhecimento de todas as áreas

Cada colaborador é responsável por desempenhar bem a sua atividade. Ele entende a sua realidade, domina o mercado e tem o conhecimento necessário para desenvolver seu papel na empresa.

Porém, muitas vezes, mesmo que um colaborador já trabalhe há bastante tempo naquela organização, muitas vezes ele não tem ideia sobre como é o funcionamento dos demais processos da empresa — principalmente se ela for de grande porte. 

Assim, o game de reboarding é uma alternativa inteligente para que as pessoas, além de se conhecerem melhor, entendam a importância que cada área tem.

Fernando Seacero explica: “Tem muita gente que está na empresa e não conhece ela como um todo, não entende para que servem determinadas áreas. Então, com o jogo de onboarding, ela vai entender”.


Agora que você aprendeu o que é reboarding e como ele pode ajudar a sua empresa, leia também: Conheça as vantagens de um game quando o desafio é engajar e ensinar colaboradores. Boa leitura!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.