Gamificação x Learning Games: qual a diferença no treinamento e desenvolvimento de pessoas

Colaboradores engajados e integrados são 480% mais comprometidos com o sucesso da empresa onde atuam, por isso, metodologias

learning-game-gamificação-desenvolvimento-de-pessoas

Colaboradores engajados e integrados são 480% mais comprometidos com o sucesso da empresa onde atuam, por isso, metodologias de engajamento precisam estar claras para os profissionais responsáveis pela gestão de pessoas

Dizer que bons games corporativos engajam os colaboradores não é novidade, certo? No entanto, muitas pessoas ainda fazem confusão sobre as diferenças entre learning games (ou jogos de aprendizagem) e gamificação.

Estas metodologias podem ser utilizadas de forma isolada, mas muitas vezes se somam. Dessa maneira, é preciso entender bem os recursos para explorá-los da melhor maneira possível dentro de uma empresa para treinar, engajar e integrar pessoas.

Se você ainda não sabe a diferença entre os termos, continue a leitura:

Entenda o que são jogos de aprendizado

Ao utilizar gamificação ou learning games, o objetivo é conectar uma série de informações de um processo com o propósito de oferecer a melhor experiência possível para a pessoa. Tudo de uma forma bonita, eficaz e inteligente. Além, claro, de acelerar o aprendizado e gerar memória de longo prazo.

Por isso, os jogos de aprendizado para empresas estão sendo cada vez mais procurados. Afinal, as organizações precisam de inovação e eficiência de treinamento e desenvolvimento de pessoas.

É uma solução que dá ao gestor de hoje a oportunidade de unir produtividade a um ensino eficiente (muito conteúdo em pouco tempo) e divertido. Ou seja, o grande desafio dos tempos atuais tem solução!

Deve ser por isso que (de acordo com a True Office — Digital Games Revolutionizing Workplace Learning), em 2015, 5,6 bilhões de empresas já utilizavam a gamificação nos seus processos. Já, em 2019, a estimativa é de 18 bilhões. É um aumento muito grande, você concorda?

Mas afinal, o que é gamificação corporativa?

A gamificação para empresas utiliza recursos de games (for fun) dentro de processos e treinamentos. O objetivo é aumentar a eficiência da empresa, a agilidade de aprendizado dos colaboradores e a satisfação dos envolvidos.

Em outras palavras, “a gamificação é o uso de design de experiências digitais e mecânicas de jogos para motivar e engajar as pessoas, para que atinjam seus objetivos” — Brian Burke, V.P Pesquisas Garthner.

Muitas vezes, aqui no Brasil, damos o nome de Gamificação ou de Learning Games independente da solução. Mas existe diferença, você sabia? Sim, learning games têm o começo, o meio e o fim de um processo. Enquanto a Gamificação é utilização da metodologia apenas para uma parte do processo.

Nós da i9Ação, por exemplo, desenvolvemos learning games, mas também utilizamos a gamificação dentro desse processo.

Fazemos muitos learning games para tornar mais eficientes e divertidos os processos de produção, toda a trilha de contratação, treinamentos para o desenvolvimento de competências, entre muitas outras soluções bem complexas.

Mas adoramos cada um dos recursos da gamificação, conheça alguns deles:

Os principais recursos da gamificação

Entenda mais sobre os recursos de gamificação que são utilizados nas empresas:

Ambientação e storytelling

A gamificação permite utilizar o storytelling para engajar os seus colaboradores, pois traz exatamente para a vivência uma ambientação. Dessa forma, é mais prazeroso entrar na história do jogo e fazer uma imersão no aprendizado.

No jogo, quando você conta uma história em que o jogador se identifica, se torna mais fácil criar uma conexão entre ele e o conteúdo, por meio do vínculo emocional.

Aprendizado por desafios

Normalmente, o colaborador não aprende de forma passiva. Na verdade, ele aprende porque precisa resolver um problema (além disso, o adulto só aprende quando vê utilidade prática).

Por isso, dentro do jogo sempre há um desafio que ele precisa concluir para então poder avançar. Muitas vezes, o colaborador nem percebe o quanto aprendeu durante o jogo. Mas é depois que ele vai compreender os resultados e ter mais facilidade nas tarefas do dia a dia.

Desafio épico

O colaborador sabe que se ele não se engajar e não fizer o seu papel, pode perder o jogo. Por isso, os games promovem um desafio épico, no qual o jogador tem uma missão que precisa ser cumprida. Por meio dessa missão, entre as emoções da jornada, há muito aprendizado a ser explorado.

Aprender por tentativa e erro

Nos jogos simuladores, há a possibilidade de errar. Uma das características de um processo de gamificação é naturalmente se expor ao risco. Isso deixa os participantes mais à vontade para mostrar o que sabem ou o que não sabem (não há uma punição real).

Já no dia a dia das companhias, um erro pode causar um dano real e irreversível. Por isso, nos jogos ele pode tentar e falhar porque as consequências estão apenas no universo do jogo.

Entenda o que é learning game

Learning game é quando você utiliza os jogos e todos os princípios da gamificação de uma maneira pedagógica e lúdica. O seu objetivo é que o aluno aprenda o conteúdo necessário de uma maneira eficiente e divertida.

Portanto, learning game é quando você utiliza os jogos interativos e os princípios da gamificação de uma forma integrada para transmitir um conteúdo pedagógico de uma maneira criativa e lúdica para determinado público, contando com aceleração de aprendizagem e memória de longo prazo.

Conheça alguns exemplos desenvolvidos pela i9Ação:

Learning Games:

Gamificação:

 

E aí? Gostou das vantagens de implementar a gamificação e o learning games na sua empresa? Entre em contato conosco e saiba mais sobre o assunto!

Deixe um comentário