RH: o que os dados gerados pela gamificação podem fazer para impulsionar a sua organização

A i9Ação fez uma tradução livre de um post da VP de Marketing da Badgeville, publicado pelo HR.BLR.com,

gamificaçãoA i9Ação fez uma tradução livre de um post da VP de Marketing da Badgeville, publicado pelo HR.BLR.com, para trazer ao blog as mais recentes e relevantes informações sobre RH do mundo. Confira:

As equipes de Recursos Humanos das organizações já entendem que para melhorar o desempenho dos funcionários e gerar melhores resultados em toda a organização, é preciso aumentar o engajamento. O RH está ciente da falta de engajamento dos colaboradores e busca novas estratégias para mudar esse cenário. De acordo com um recente  estudo da Mercer, funcionários engajados entregam uma experiência superior aos clientes, o que melhora a rentabilidade e constrói o valor da marca.

Mas qual é a melhor estratégia para melhorar o compromisso dos colaboradores?

Cada vez mais, os empregadores estão se voltando para gamification para mudar a falta de engajamento. A Gartner Research estima que gamification se tornará, em breve, a estratégia de melhoria operacional escolhida por 40% das empresas globais. Com a solução, equipes de RH poderão gerar os dados necessários para medir o progresso, aperfeiçoar as estratégias e impulsionar a empresa.

Como o RH pode utilizar os dados gamification para otimizar o engajamento?

Com uma solução de gamification avançada, as empresas podem melhorar a produtividade significativamente, aumentando também a colaboração. Uma das principais vantagens da implementação de uma solução gamification data-driven é a disponibilidade de relatórios que permitem que as equipes de RH acompanhem progressos em todas estas frentes.

Portanto, para fins de aprendizagem e desenvolvimento,  a solução permite que os profissionais de RH acompanhem de perto as taxas de adoção, a frequência de engajamento, as realizações e o tempo de conclusão. Com esse tipo de relatório, é possível controlar com precisão não apenas se as pessoas estão se engajando, mas também quanto tempo e quando eles estão se envolvendo.

Acompanhar o desempenho em relação aos objetivos

Uma vez que a equipe de RH alcance altos níveis de engajamento, o próximo passo é aproveitar os dados para acompanhar como a força de trabalho está progredindo  em relação às metas estabelecidas, com o objetivo final de melhorar o desempenho do programa/projeto e organização.

Usando tais relatórios que forneceram dados sobre a distribuição das atividades, o desempenho em relação às metas definidas e os indicadores chave de desempenho (KPIs), a equipe de gestão é capaz de perceber padrões claros.

Olhando para os dados de desempenho individual e da equipe

Outra vantagem importante que os dados podem fornecer é a capacidade de medir o desempenho de pessoas e/ou equipes específicas. Com esta informação, os profissionais de RH podem reconhecer os profissionais pelo bom trabalho que elas estão fazendo e melhorar o engajamento. A administração também pode identificar as lacunas de competências ou a necessidade de maior diversidade de habilidades.

Os dados podem contribuir para o nível geral de conhecimento da empresa sobre as capacidades. Basta comparar, por exemplo, relatórios sobre reputação, equipe ou realizações individuais aos objetivos, KPIs, rankings, distribuição de conhecimentos, etc.

Exemplo:

Em um caso real, a empresa descobriu que os colaboradores que ganhavam zero pontos no sistema gamification eram suscetíveis a deixarem a empresa em um prazo de 6 meses. Como resultado do uso dessas análises, a equipe de RH identificou quem eram essas pessoas e pode  resolver as questões com ações de engajamento.

Conclusão

Gamification pode resolver a crise de engajamento dos funcionários e gerar maior produtividade e rentabilidade, reduzindo os custos operacionais. Mas antes de escolher uma solução de gamification, profissionais de RH devem ter um olhar mais atento sobre os dados que ele pode proporcionar.

Com a abordagem certa, uma solução de gamification pode ajudar o RH a tornar a organização mais orientada pelos dados, otimizar continuamente o engajamento e acompanhar o progresso, identificando questões e talentos de forma proativa.

Fonte: http://hr.blr.com/HR-news/HR-Administration/HR-Strategy/Gamification-HR-data-driven-organization/#

Deixe um comentário