Gamificação: de olho no engajamento e na produtividade

Por Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação Muitas empresas estão em busca, cada vez mais, de soluções que podem

Por Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação

TeamworkMuitas empresas estão em busca, cada vez mais, de soluções que podem ampliar o envolvimento dos colaboradores nos processos da organização e, assim, melhorar seus resultados. Por isso, nos últimos anos, iniciativas com gamificação tornaram-se grandes aliadas dos profissionais de Recursos Humanos. Tanto tabuleiros físicos como soluções digitais, principalmente os feito sob medida e personalizados, estão sendo opções na busca de engajamento e de ampliar o diálogo, o impacto, a integração e a produtividade.

Recentemente, li um artigo sobre isso no site da HR.Blr.com, de autoria de Karen Hsu, vice-presidente de Marketing da Badgeville, empresa norte-americana especializada na área. Achei a abordagem que ela deu ao tema tão interesse que decidi trazer para vocês uma tradução livre dos pontos mais interessantes. Confira!

O que a Gamificação pode fazer pelo RH

As equipes de Recursos Humanos estão cientes da falta de engajamento de colaboradores e estão buscando novas estratégias para contorná-la. Elas entendem que, para melhorar o desempenho dos colaboradores e gerar melhores resultados em toda a empresa, precisam aumentar o engajamento. Um estudo da Mercer mostra que funcionários engajados entregam uma experiência superior ao cliente, o que melhora a rentabilidade e constrói o valor da marca.

Mas qual é a melhor estratégia para melhorar o compromisso pessoal? Cada vez mais, os empregadores estão se voltando para a gamificação para acabar com a falta de engajamento. Um estudo do Gartner Research revelou que, em breve, a gamificação se tornará a estratégia de melhoria operacional escolhida por 40% das 1.000 empresas globais. Com a solução correta de gamificação , as equipes de RH podem gerar os dados necessários para medir o progresso, aperfeiçoar as estratégias e impulsionar melhorias.

Como o RH pode utilizar os dados da gamificação para otimizar o engajamento?

Com uma solução de gamificação avançada, as empresas podem melhorar a produtividade de forma significativa, aumentando a colaboração. Uma das principais vantagens da implementação de uma solução de gamificação orientada a dados (gamification data-driven) é a disponibilidade de relatórios que permitem às equipes de RH acompanhar o progresso em todas as frentes.

A solução ideal seria permitir que os profissionais de RH acompanhassem de perto as taxas de adoção, a frequência de engajamento, as realizações e o tempo de conclusão para fins de aprendizagem e desenvolvimento. Com esse relatório, a equipe de RH pode controlar com precisão não apenas se as pessoas estão se engajando, mas também quanto tempo e quando eles estão se envolvendo.

Acompanhando o desempenho em relação aos objetivos

Uma vez que a equipe de RH alcance altos níveis de engajamento, o próximo passo é aproveitar os dados para acompanhar como a força de trabalho está progredindo em relação às metas estabelecidas, com o objetivo final de melhorar o desempenho do programa/projeto e da organização.

Usando relatórios que forneçam dados sobre a distribuição das atividades, o desempenho em relação às metas definidas e indicadores-chave de desempenho (KPIs), a gestão é capaz de perceber padrões claros.

Olhando para os dados individuais e coletivos de desempenho

Outra vantagem importante que os dados podem fornecer é a capacidade de medir como as pessoas e/ou as equipes estão se desempenhando. Com esta informação, os profissionais de RH podem reconhecer as pessoas pelo bom trabalho que elas estão fazendo e melhorar o engajamento. A gerência também pode identificar as lacunas de competências ou uma necessidade por uma maior diversidade de habilidades.

Relatórios com pontuação de reputação, de equipe ou de realizações individuais versus objetivos ou KPIs, rankings, distribuição de conhecimentos etc. podem contribuir para o nível geral de conhecimento sobre o potencial  das empresas.

Em um caso de uso real, a empresa descobriu que os empregados que ganhavam zero pontos no sistema de gamificação eram suscetíveis a deixar a empresa no prazo de seis meses. Como resultado do uso dessas análises, a equipe de RH pôde identificar quem eram essas pessoas no futuro e resolver suas questões.

Gamification pode resolver a crise de engajamento dos funcionários e gerar maior produtividade e rentabilidade, reduzindo os custos operacionais. Mas antes de escolher uma solução desse tipo, os profissionais de RH devem ter um olhar mais atento sobre os dados que ela pode proporcionar. Com a abordagem certa, uma solução de gamificação pode transformar o RH em uma organização mais orientada a dados, otimizando de forma contínua o engajamento, acompanhando o progresso e identificando as questões e os talentos de forma proativa.

Você já conhecia essa vantagem de se trabalhar com gamificação? Conte a sua experiência aqui nos comentários!

One thought on “Gamificação: de olho no engajamento e na produtividade

Deixe um comentário