Como utilizar gamificação para envolver as pessoas na cultura organizacional

Envolver os colaboradores na cultura organizacional não é fácil, até por que adultos só se envolvem com aquilo

Como utilizar gamificação para envolver as pessoas na cultura organizacional

Envolver os colaboradores na cultura organizacional não é fácil, até por que adultos só se envolvem com aquilo que acreditam. O ponto é: como convencer os funcionários sobre o sonho da empresa e a importância de todos os detalhes de sua cultura organizacional? Saiba que hoje há meios, como a gamificação, que fazem com que você engaje seu time com a cultura da empresa.

As pessoas se amarram em jogos

Você se lembra de quantas vezes passou horas jogando no smartphone ou no computador? Ou, ainda, quantas vezes passou horas em frente à televisão para acompanhar uma prova em um programa de auditório? Lembra da sensação de dever cumprido quando passa uma fase no videogame?

Essa sensação de dever cumprido e de recompensa é o que nos faz passar horas em frente ao videogame ou no celular fazendo com que uma simples minhoquinha coma o maior número possível de moedas. Queremos a recompensa, a pontuação, a quebra do recorde… Não é mesmo? E é exatamente isso que a gamificação proporciona: a sensação da recompensa tão desejada! (saiba mais sobre a importância do feedback para a sua equipe)

O que, em termos práticos, é gamificação?

Do inglês “gamification”, a gamificação é a aplicação de mecânicas de jogos em outras áreas de atividade para envolver as pessoas e resolver problemas, como baixa produtividade, dificuldades de aprendizado de conteúdo de treinamentos, etc.

Em outras palavras: adicionando um pouco de desafio e de diversão – a gente se diverte jogando, sempre! -, fica mais fácil fazer com que as pessoas se envolvam com os valores, processos, as estratégias e metas do negócio.

Somadas à diversão, as atividades gamificadas também proporcionam: participação ativa, protagonismo, liderança, tomadas de decisões, possibilidades de experimentação em ambiente seguro, troca de experiências, melhoria contínua, feedback constante, etc.

Estes elementos juntos fazem com que as pessoas se envolvam melhor com os objetivos corporativos e passem a lidar de forma mais leve com assuntos delicados, como o cumprimento das normas, por exemplo, e estímulos para mudanças comportamentais.

Dicas práticas para melhorar o engajamento com gamificação:

1 – Transforme processos em games

Algumas atividades, especialmente as mais repetitivas, podem se tornar enfadonhas ou, no mínimo, pouco empolgantes para as pessoas. Daí elas passam a operar no “piloto automático” e, muitas vezes, pegam atalhos e vão contra o que está estabelecido nas normas de segurança e até nas boas práticas de qualidade da empresa.

Um exemplo? O atendimento ao cliente. Imagine uma equipe de SAC, que atende clientes em momentos de nervosismo para resolver problemas e reclamar de atrasos em entregas. Muitas vezes, para agilizar o atendimento, o atendente não segue todos os procedimentos e até trata o cliente com rispidez.

Monitorá-lo durante toda sua jornada de trabalho, além de contraprodutivo, pode se tornar caro para a empresa. Então, que tal fazer das boas práticas de atendimento um jogo? Você pode criar uma competição entre os atendentes e aqueles que forem melhor avaliados pelos clientes ganham prêmios ou entram num ranking de “melhores do mês”.

2 – Envolva a todos com a comunicação e estimule a integração

Muitas vezes, a dificuldade de engajamento com a cultura organizacional está relacionada a deficiências na comunicação. A empresa emite as informações, mas não consegue atingir as pessoas. Sem diálogo, a tendência é a falta de integração entre os departamentos e o problema fica ainda maior quando há outras filiais em cidades ou estados diferentes.

Uma boa maneira de engajar os profissionais com uma boa comunicação é criar um jogo empresarial para integrar os colaboradores e as equipes, no qual eles poderão se conhecer melhor e enfrentar desafios juntos, fortalecendo a rede de pessoas. O que envolve conteúdo da empresa, emoção entre as pessoas e movimento da equipe, com certeza, termina em aprendizado e em recompensa. Pense nisso!

3 – Estimule a colaboração

Outro problema que dificulta o engajamento com a cultura organizacional é o represamento do conhecimento. As pessoas que estão há mais tempo na empresa não repassam para os novatos o que sabem sobre os processos e os comportamentos esperados.

Você pode criar estratégias gamificadas para identificar e escolher, entre os mais experientes, aqueles que podem contribuir com a disseminação do conhecimento e da cultura. E ainda criar sistemas de recompensas que premiem os “mestres” melhores avaliados por seus “aprendizes”, estimulando o reconhecimento mútuo.

E então, que tal adotar a gamificação na sua empresa? Deixe um comentário e divida as suas impressões com a gente!

 

cms-files-3191-1453142663CTA+engajamento

Deixe um comentário