Estratégias infalíveis para a retenção de talentos nas empresas

Aprendizado constante e liderança inspiradora são fatores de engajamento poderosos no ambiente corporativo. É isso que diz o

Cat on NotebookAprendizado constante e liderança inspiradora são fatores de engajamento poderosos no ambiente corporativo. É isso que diz o Instituto Gallup, afinal, funcionários precisam perceber que estão aprendendo ou se desenvolvendo. Eles devem se inspirar em grandes líderes e, ao mesmo tempo, ter liberdade comunicativa para se sentirem motivados em seus empregos.

As empresas que precisam reter talentos devem prestar atenção nesses fatores, principalmente em tempos de competitividade acirrada no cenário mundial: além do Instituto Gallup, outros grandes grupos de pesquisa  internacionais, como Towers Watson e Aon, indicam que entre 50% e 85% dos funcionários das empresas em todo o mundo apresentam baixo grau de satisfação com o trabalho, ou que muitas vezes não se traduz apenas em falta de engajamento mas em “desengajamento ativo”, ou seja, funcionários “jogando contra” a própria empresa.

Existem muitos indicadores para mapear o grau de engajamento dos seus colaboradores, mas uma coisa é possível afirmar sempre: quando há engajamento, há envolvimento emocional entre colaborador e empresa. Isso faz com que o comprometimento se traduza em disposição para vencer desafios e naquele “brilho” no olhar ao desempenhar as tarefas mais corriqueiras.

Qualquer ação implementada para reter talentos com foco neste tipo de motivação deve sempre começar com a pergunta: o que eu posso fazer para que meus colaboradores apaixonem-se por seu trabalho, pela minha empresa e, consequentemente, esteja empenhado genuinamente para alavancar resultados?

Pensando nisso, listamos aqui três dicas que vão ajudar você a reter talentos pensando no engajamento:

Feedback constante

O reconhecimento é o combustível dos colaboradores e ganha ainda mais importância em situações de pressão e stress elevados. Dar feedbacks constantes, que destaquem os pontos fortes da equipe e reconheçam o que cada um executa bem é imprescindível, assim como apontar com sensibilidade e empatia os pontos nos quais seus colaboradores podem se aprimorar – porque como vimos o aprendizado constante é um fator importante de engajamento, e conhecer seus pontos fracos é sempre um atalho para s desenvolver e se aprimorar.

Um bom líder deve saber como compartilhar esse tipo de percepção com seus funcionários: mesmo que haja aspectos negativos e pontos de melhoria a serem apontados, os pontos positivos devem sempre se sobressair. Desta forma os colaboradores podem se sentir parte de um time mesmo em momentos adversos, e estarão mais dispostos a agregar valor ao negócio da empresa.

Aprendizagem em rede

As pessoas se sentem mais motivadas num ambiente com grandes oportunidades de aprendizado, segundo as pesquisas. Mas como nós adultos aprendemos? A maior parte do nosso aprendizado profissional acontece “on the job”, ou seja, enquanto desempenhamos nossas funções e buscamos soluções para desafios reais. E na busca destas soluções procuramos pessoas com as quais aprendemos: líderes visionários, colegas experientes, especialistas no tema ou simplesmente pessoas que nos apoiam com pequenos insights. Isso é rede de aprendizagem: um ambiente que permita a troca espontânea de conhecimento entre seus colaboradores de forma que todos aprendam uns com os outros ao mesmo tempo que solucionam desafios do negócio.

A introdução da gamificação no ambiente de trabalho tem muito a contribuir para a criação desta rede de aprendizagem: os espaços de jogo são naturalmente lugares de troca e experimentação, no qual criam-se canais de comunicação abertos e fluidos que potencializam a quantidade e a qualidade das trocas de conhecimento. A sensação de estar aprendendo é intensa e vivenciada a todo o momento – com desafios reais, feedback contínuo e alto engajamento.

Qual é a sua estratégia para retenção de talentos? Ficou com alguma dúvida? Deixe abaixo pelos comentários e nós trocamos uma ideia com você.

 

Líder Play 1

Deixe um comentário