Como o engajamento dos funcionários pode realizar o sonho da sua empresa

Liderança, trabalho em equipe, empatia, descoberta individual e entendimento mais profundo de conceitos são exemplos do que pode

cms-files-3191-1453222787Gestão+de+Pessoas-3975aLiderança, trabalho em equipe, empatia, descoberta individual e entendimento mais profundo de conceitos são exemplos do que pode ser estimulado de forma orgânica e objetiva com jogos corporativos.

A gamificação é a técnica de utilizar conceitos e elementos de jogos em situações cotidianas para mobilizar e engajar pessoas em uma causa comum.

Abrace essa tendência e colha resultados  

Em meados de 2012, o Gartner Group apontou apontou que até 2015, 50% de todo o processo de inovação no mundo teria a metodologia de gamificação como um dos pilares e, até 2016, 2,8 bilhões de dólares seriam movimentados nesse ramo. Isso mostra que a gamificação já é uma brincadeira séria no mundo corporativo e uma promossa para o ano.

A gamificação pode ajudar os gestores a terem uma visão geral e específica do desempenho e do convívio entre equipes. Longe de ser apenas mais uma “brincadeirinha” no trabalho, a gamificação é uma poderosa ferramenta para engajar as pessoas em novos conceitos e práticas e de avaliar a absorção deles em tempo real, de forma objetiva e leve.

O sonho de uma empresa pode ser abraçado pelos colaboradores, a partir do momento que todos jogam o mesmo jogo.

O que explica o sucesso da gamificação é que ela atende a necessidade despertada em nós pela interatividade dos games. Todos queremos visualizar de forma clara, objetiva e lúdica os conceitos, os objetivos e o próprio desempenho para poder responder em tempo real à busca corporativa de resultados.

Use a tecnologia como aliada diária 

Que tal aplicar princípios de competição saudável entre setores de uma empresa sem aquela velha e sisuda rivalidade nociva? É possível criar de um jeito mais humano e saudável com algumas atividades estimulantes e engajadoras. Como uma grande maratona de metas com gráficos das conquistas diárias, medalhas, prêmios e a consagração dos mais eficientes. Tudo isso em um jogo corporativo, estimulando todos na busca por conquistas e reconhecimento.

Há plataformas gamificadas que podem ser disponibilizadas na rede interna da empresa, com jogos disponibilizados por períodos pré-determinados conforme a campanha do momento.

Por exemplo: um game em forma de rede social contendo o perfil de cada funcionário, incluindo os setores dos quais participam, cujo objetivo é a redução de desperdícios ou aumento de produtividade em cada setor. Na medida em que os “jogadores da vida real” têm bom desempenho, a fotografia do game fica mais próxima do objetivo final que se quer atingir na realidade.

É possível também criar canais de comunicação entre competidores, abrindo espaço para o elogio pelas conquistas obtidas.

Para complementar o conteúdo, indicamos a leitura desse conteúdo aqui:

 

cms-files-3191-1453215695CTA+email+hsm2