Como gamificar seu Treinamento de Vendas

Como gamificar seu Treinamento de Vendas?

Se você já tem um treinamento estruturado para seus vendedores e ainda não transformou esse conteúdo em uma

Como gamificar seu Treinamento de Vendas

Se você já tem um treinamento estruturado para seus vendedores e ainda não transformou esse conteúdo em uma capacitação on-line que seja realmente eficaz, saiba como fazer essa transição

Para transformar treinamentos presenciais ou apresentações meramente on-line em um recurso realmente gamificado, é importante adotar uma plataforma digital que aceite diferentes formatos de conteúdo para aproveitar os materiais já existentes. No entanto, não basta apenas migrar tudo para o on-line, é preciso integrar PDFs, textos, quizes e outros elementos didáticos em uma plataforma que permita incluir recursos de gamificação e potencializar a aprendizagem. 

Entenda a diferença entre o “apenas on-line” e a verdadeira gamificação do conteúdo de treinamento

Para ser um treinamento on-line, basta ser feito de forma digital, sem qualquer adaptação em relação ao que era apresentado presencialmente. O treinamento gamificado é diferente e traz um objetivo claro a ser alcançado, um feedback constante de performance, a possibilidade de participação e interação entre os participantes, e é inspirador.

Isso não quer dizer que você vai precisar deixar tudo o que já tem feito de lado e recomeçar do zero. Com uma plataforma gamificada, é perfeitamente possível aproveitar os conteúdos já desenvolvidos antes. E, a partir dessa ação, observar e entender como esses conteúdos estão sendo consumidos e como seu público está interagindo com o digital, o que lhe dará boas pistas sobre como estruturar completamente a sua digitalização.

Segundo o neuropsicólogo e desenvolvedor de games Fernando Seacero, fundador da i9Ação, o importante é sempre ouvir as pessoas e perceber quais tipos de materiais são mais consumidos e agregam maior valor para seu público. “Assim, é possível criar treinamentos de alto valor agregado”, orienta. “O adulto só aprende aquilo que deseja aprender”. 

Em nosso blog mais recente sobre este tema, você encontra as principais dicas para ter sucesso na criação das jornadas de aprendizagem da Academia Digital de Vendas.

On-line, presencial ou híbrido? Qual formato escolher?

O formato híbrido é sempre o mais recomendável. Hoje, já é imprescindível coexistir o on-line e o presencial por questões de dispersão geográfica, pandemia, redução de custos com transportes, entre outros motivos. A vantagem do digital é que ele pode ser acessado em qualquer lugar a qualquer hora e, principalmente, pelo diferencial de oferecer uma análise de performance dos colaboradores no dashboard da plataforma.

Com estes relatórios detalhados, é possível acompanhar se o colaborador está fazendo os treinamentos como esperado. Por meio dos testes de conhecimentos e outros games que avaliam o engajamento e conhecimento, eles passam pelo processo de treinamento por meio da gamificação. Numa plataforma gamificada é possível também criar diferentes campanhas com tempo e objetivos específicos, estimulando o público a interagir em diferentes temporadas com aprendizagens de produtos e serviços. 

Algumas dicas importantes para essa transição

  • Adote uma plataforma que permita inserir qualquer formato de vídeo e de materiais, assim você pode buscar diferentes conteúdos disponíveis na internet, criar textos e apresentações e disponibilizá-los na ferramenta com facilidade.
  • O conteúdo para aprendizagem on-line deve ser curto, com vídeos de no máximo 3 minutos e trilhas curtas divididas ao longo do tempo. Não existe hoje mais espaço para trilhas enormes e vídeos de 30 ou 40 minutos.
  • Criar uma campanha com ranking e premiações iniciais e testar o engajamento das pessoas para entender os elementos que mais engajam seu público.
  • A plataforma deve possuir um canal de comunicação e ações dos participantes e não ser apenas um repositório de informações. É possível oferecer diversas possibilidades de interatividade e não apenas quizzes.
  • O ideal é que a solução seja essencialmente focada em Mobile. Muitas plataformas hoje não são mobile first, o que dificulta muito a experiência do usuário no celular.
  • É importante também ter uma interface muito fácil e amigável para o administrador do sistema, que não requeira cursos ou passos complicados para o administrador.

Também aqui no blog você pode entender como as Academias Digitais de Vendas ampliam o alcance e uniformizam o conteúdo para equipes capilarizadas pelo Brasil .

O que é importante evitar na hora de criar uma Academia Digital de Vendas?

  • Seguir o dueto Vídeo-Quizz apenas. Este é um formato muito comum em plataformas conhecidas, mas que não traz a diversidade necessária para uma aprendizagem mais sistêmica e inclusiva.
  • Criar inicialmente uma carga enorme de conteúdos antes de testar a aderência com seu público-alvo.
  • Evitar inserção de grande quantidade de conteúdo sem Interatividades. É muito importante existirem espaços onde os participantes se expressem, como Mural de posts, Ações compartilhadas, ranking coletivos para trabalhar a cooperação entre equipes e Visibilidade das pessoas em notícias.

Se você quer conhecer uma plataforma que oferece todas as funcionalidades mais importantes para a criação da sua Academia Digital de Vendas, marque um bate-papo com a gente!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.