soluções gamificadas

Como escolher soluções gamificadas para os desafios de aprendizagem da sua empresa?

Considerada uma tendência global, a Gamificação utiliza elementos de jogos para resolver situações reais. Mas, isso não significa

soluções gamificadas

Imagem: Marcus Souza

Considerada uma tendência global, a Gamificação utiliza elementos de jogos para resolver situações reais. Mas, isso não significa que basta levar os jogos para sua empresa. Saiba como escolher a sua solução gamificada certa para a sua necessidade

Com a infinidade e a velocidade de informação que circula na era digital hoje em dia, com os recursos disponíveis atualmente, passar um PPT dentro de uma sala de aula não é o suficiente para envolver o participante em uma proposta de aprendizagem.

Pensando nisso, temos uma série de materiais para ajudar você a encontrar e a escolher uma solução de aprendizagem:

Falamos sobre a importância da Inteligência Coletiva e da Aprendizagem em Rede, abordamos uma das etapas mais importantes do processo de gamificação, que é o Brainstorm e também como desenvolver competências em nosso cenário de desafios constantes.

Metodologia e resultado

Agora, para tornar essa prática – a gamificação – realmente efetiva e acertar em cheio na solução, vamos trazer algumas referências que consideramos importantes na hora de começar a sua jornada em busca da solução gamificada para ensinar os colaboradores (sobre a empresa, código de ética, produtos, LGPD etc.).

Para isso, vamos destacar três pontos que fazem a diferença na entrega dos resultados:

1 – É importante apostar em metodologias testadas

Saiba quais são as metodologias de aprendizado utilizadas, como elas já foram aplicadas, e quais os resultados obtidos por meio delas!

Sabendo disso, aqui na i9Ação todas as soluções são desenvolvidas há 20 anos com base em nossa própria da metodologia: a Bioaprendizagem:

  • Neurociência aplicada à aprendizagem, que utiliza as três partes do cérebro – o lógico/racional; o emocional/límbico; e o motor – para tornar possível a memória de longo prazo e a aceleração da aprendizagem).

Nos projetos desenvolvidos, sejam games físicos ou digitais, equilibraremos os estímulos dessas três áreas para garantir que as habilidades e conhecimentos sejam incorporadas pelos participantes.

 

2 – Avaliar o nível de customização e o envolvimento do fornecedor com a sua empresa

O investimento pode parecer o mesmo, mas é preciso ir mais a fundo e saber qual o grau de customização e envolvimento do fornecedor de cada proposta.

Qual a disponibilidade dele para atender a sua equipe em todo o processo? É impossível comparar um game “de prateleira” com um que seja feito sob medida para a sua empresa.

 

3 – Escolher o modelo certo para a área e para as necessidades a serem trabalhadas

Há muitos games corporativos de boa qualidade no mercado, porém, para fechar o negócio é preciso entender muito bem o que cada opção oferece em termos de metodologia, de resultado, de objetivo e de experiência. Um pouco de dedicação para a escolha compensa na hora de começar a produção e a aplicação.

Na hora de conversar sobre a sua solução gamificada, conheça as opções e quais as vantagens e desvantagens de cada uma (no curto, médio e longo prazo).

Estes três pontos fazem parte da nossa visão sobre como fazer para que o participante de qualquer um dos nossos treinamentos fique surpreso com a quantidade de vivência e de conteúdo passado, em um espaço de tempo definido.

 

Leia esse Depoimento de uma de nossas clientes

“Em novembro de 2015, tive a oportunidade de participar de uma sessão de Game Jam da i9Ação, com 250 pessoas, no Comitê de Gestão de Pessoas da Amcham de São Paulo. A introdução da metodologia e facilitação da atividade foram muito bem conduzidas por Fernando Seacero. Fiquei muito impressionada com o engajamento das pessoas e o quão rápido foi possível que começássemos a produzir um conteúdo divertido, rico e muito útil para nossas organizações. Recomendo a atividade para qualquer organização que deseje criar uma ferramenta para mudança de comportamento ou aprendizado de conteúdo de forma lúdica e impactante.

Monica Santos, Head de RH do Google, América Latina


Quer conhecer novas formas de treinar e engajar a sua equipe? Saiba mais sobre a i9Ação! Estamos aqui por acreditar que as equipes podem realizar seus sonhos, colaborando com os sonhos de suas empresas também.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.