game personalizado, onboarding

Imagem: Marcus Souza

Implementar um game personalizado no processo de onboarding da sua empresa é uma excelente estratégia. Saiba como o processo, o time e a expertise da i9Ação ajudam a sua empresa a ter seu onboarding dos sonhos!

Algumas pessoas pensam que implementar um game personalizado no processo de onboarding é complicado. São – mesmo – muitos fatores, um trabalho primoroso, mas vale a pena! É o melhor que você e sua empresa podem oferecer ao novo colaborador, e por meio dele é possível também receber o melhor. Porque a recíproca é verdadeira!

Você quer saber mais profundamente como é possível fazer esse game de aprendizagem e porque ele é a ponte para a sua empresa alcançar os objetivos na hora de receber os colaboradores?

Antes, vamos lembrar apenas algumas das vantagens da gamificação no onboarding e o porquê estamos falando sobre game personalizado para resolver essa questão: 

  • encantar, conquistar e reter talentos;
  • ser uma empresa que optar por aplicar recursos inovadores e na melhoria contínua;
  • integrar o time de uma maneira lúdica e digital (ou híbrida);
  • ter a certeza de que o colaborador receberá um treinamento incrível para desempenhar bem o seu trabalho (e ter ele contribuindo com a equipe o mais rápido possível);
  • checar se os colaboradores lembram do conteúdo e ter a felicidade de saber que eles aprenderam mesmo.

Somado a isso, vale lembrar que o nível de engajamento digital gamificado é três vezes maior do que quando o processo não é gamificado.

Espia aqui os números sobre engajamento (número de pessoas que começam e terminam) que temos em nossos projetos de gamificação da integração de novos colaboradores:

“Nossos games de integração tem em média 60 a 80% de término/completude/engajamento. Este é um resultado muito bom perto da mensuração feita quando não há gamificação”, detalha Fernando Seacero, CEO da i9Ação.

Então, venha com a gente e saiba tudo sobre a implementação de um game personalizado para o onboarding da sua empresa. Vamos lá?

O que é preciso saber antes de investir em um game personalizado para o onboarding?

Para início de conversa, é importante ressaltar que o game é uma das melhores ideias de onboarding que a sua empresa pode implementar.

Porém, antes de implementá-lo, é preciso entender esse primeiro passo a passo (resumido):

 

1. definir os objetivos do game

Se você não tem esses objetivos determinados ou se ainda tem dúvidas na hora da escolha dos melhores, não precisa se preocupar.

O time de desenvolvimento da i9Ação é muito experiente nessa temática. E pode ajudar você a esclarecer quais são os melhores objetivos e como a sua empresa pode chegar aos resultados esperados por meio da escolha certa: onboarding gamificado.

entender quais são os perfis de jogadores envolvidos e definir as áreas de conhecimento:

 

2. Quais são os principais perfis que devem ser atingidos com o projeto?

Essa informação moldará a complexidade do game a ser desenvolvido, bem como poderá definir diferentes trilhas de conteúdo para departamentos ou níveis específicos”, explica o CEO da i9Ação, Fernando Seacero.

Essa informação, inclusive, é muito importante para entender que tipo de narrativa (storytelling) terá mais aderência conforme a cultura da empresa.

Por exemplo: para uma determinada empresa, um cenário muito atrativo pode ser uma viagem espacial; enquanto, para outra, um mapa da planta da fábrica seria o melhor caminho para gerar mais engajamento.

 

3. Quanto tempo sua empresa tem para elaborar o Onboarding e chegar ao resultado esperado

Quanto tempo você tem para construir um onboarding incrível para chamar de seu?

Então, se você está com a corda no pescoço e sua diretoria está pressionando para ter resultado. Respira.

É preciso ter tempo (vamos falar em pelo menos 3 meses) e se antecipar para fazer um onboarding primoroso/personalizado que realmente entregue os resultados esperados.

Estamos falando sobre o seu colaborador realmente aprender o conteúdo passado pela integração.

“Nossa dica é que se antecipem para não ter esse problema (de departamento desesperado com a pressão da diretoria), e que venham buscar uma solução que engaja com pelo menos 3 a 4 meses de antecedência para fazermos um trabalho fino e customizado. Reflita e se antecipe para ter todos os benefícios de uma solução customizada para onboarding”, orienta Fernando.

Assim, isso deve acontecer tanto com o onboarding para os novos colaboradores quanto com o re-boarding, para a equipe que já está atuando há algum tempo na empresa.

 

Entenda quais são as maiores dificuldades que as empresas têm na hora de implementar um game

Para Fernando Seacero, a principal dificuldade que as pessoas encontram na hora de apostar na tecnologia e implementar um game personalizado é encontrar uma empresa que crie um jogo realmente personalizado e customizado.

Vale ressaltar que criar um game personalizado não é só inserir o logotipo da empresa dentro de uma plataforma pronta. É preciso realmente transformar o conteúdo original de integração em um material gamificado.

Além disso, é essencial investir em um trabalho em conjunto. Ou seja, a empresa precisa estar presente, participar e aprovar cada etapa do processo. Dessa forma, fica muito mais fácil criar um game digital que faça a diferença na rotina de toda a equipe.

 

Confira 5 passos para criar um game personalizado para o onboarding da sua empresa

Entenda como funciona o passo a passo para criar um processo de onboarding na sua empresa. Vamos lá?

1. Coleta

A primeira etapa na hora de criar um game personalizado aqui na i9Ação é a coleta de informações.

Afinal, é preciso estudar a empresa, a cultura, quais são as necessidades, problemas, ideias e objetivos para projetar um game realmente incrível.

2. Experimento

Na etapa do experimento, desenvolvemos as estratégias, o conteúdo e projetamos o esqueleto do game.

3. Formulação

Na etapa da formulação, criamos a identidade visual final do jogo e realizamos a programação.

4. Teste Lab

A etapa do teste lab serve para avaliar se o game está de acordo com tudo o que foi acordado.

Assim, é o momento em que a empresa realiza testes e, se for o caso, pode solicitar os ajustes necessários.

5. King now

A última etapa é a implementação do game nas plataformas estabelecidas. Além disso, há um acompanhamento direto dos primeiros dias. Assim, você tem a segurança e a certeza de que tudo está funcionando perfeitamente. Interessante, não é mesmo?

 

Conte com uma equipe qualificada para desenvolver o melhor game personalizado para o onboarding da sua empresa

Para que a implementação de um game personalizado para o onboarding on-line da sua empresa seja um processo seguro, de qualidade e incrível, é essencial investir em uma empresa desenvolvedora de games que ofereça confiança e que tenha experiência no mercado.

Na i9Ação, os projetos são desenvolvidos por meio de squads. Dessa maneira, para cada um deles, diferentes profissionais são designados para realização do projeto. Assim, o time da i9Ação é composto por diversos profissionais qualificados e experientes.

Gostou de conhecer o nosso passo a passo para criar um game personalizado para o onboarding da sua empresa?


Se sim, que tal fazer um orçamento conosco? Clique aqui e faça o seu orçamento agora mesmo!.



Game digital de aprendizagem

Imagem: Marcus Souza

Games Digitais de Aprendizagem estão cada vez mais em alta para treinamento e engajamento de pessoas, que tal conhecer mais sobre – o que também podemos chamar de Plataforma customizada gamificada de aprendizagem

Antes da transformação digital, as empresas escolhiam e utilizavam muito o EAD ou cursos em suas plataformas de LMS para treinamento e desenvolvimento de seus colaboradores. No entanto o formato EAD gera entre 9 e 12% de retenção dos conteúdos e de participantes engajados. Então, quando é necessário ter alto engajamento e impacto, a solução pode ser o desenvolvimento de um game customizado para aprendizagem, que pode gerar entre 40 a 80% de engajamento e retenção do aprendizado.

Seja para integração de novos colaboradores ou disseminação de cultura (da empresa ou de segurança), alguns de seus objetivos provavelmente são: 

  • Engajar os colaboradores com o seu negócio
  • Treinar comportamentos desejados
  • Passar informações da empresa de maneira leve e descontraída
  • Garantir o impacto e aprendizagem necessária.
  • Novos modelos de treinamento que atendam aos desafios de nossa atual realidade: onde os profissionais não têm tempo para participar dos treinamentos e possuem diversos tipos de elementos que geram dispersão 

Além de customizar uma ferramenta digital, grandes empresas precisam ainda ter escalabilidade para atender centenas ou milhares de colaboradores.

Se essa é uma realidade conhecida para você, que tal aprofundar seu entendimento sobre o Online Wow, im game digital de aprendizagem customizados e escaláveis? E para escolher o melhor formato, é importante conhecer as opções! Por isso, vamos explicar aqui no Blog AvataRH o que estamos preparando mundo afora com essa tal gamificação 😊