aplicativo gamificadoJornal publica novidades sobre o APP CONARH 2016, que já pode ser baixado pelo Google Play e Apple Store. Leia a matéria!

Os participantes do CONARH 2016 – maior evento de gestão de pessoas da América Latina – poderão consultar informações, aquecer o networking e gerar oportunidades de negócios, por meio de um game interativo. O aplicativo está disponível antes do evento, que acontecerá entre os dias 15 e 18 de agosto, no Transamérica Expo Center, em São Paulo.

O APP é uma solução de comunicação interativa da ABRH-Brasil para o CONARH 2016, patrocinada pela empresa Healthways e desenvolvida pela da i9Ação Treinamento de Desenvolvimento – especializada em desenvolvimento de jogos empresariais e soluções interativas de aprendizagem. Com a nova versão, os participantes têm acesso às informações e programações para facilitar a escolha entre as opções do evento, enquanto também visualizam e participam de um Game de Networking.

Baixe agora pelo Google Play e Apple Store!

Leia a matéria:



gamificação e preferências humanasA matéria “Ou Isto ou Aquilo”, publicada pela Revista Você SA no mês de abril, aborda a temática da ambivalência, mostrando que a escolha muitas vezes é um momento difícil principalmente para as pessoas denominadas ambivalentes. Você pode ler a matéria completa nas imagens abaixo!

Todas as pessoas têm dificuldades na hora de escolher, mas existem aqueles que analisam a fundo os dois (ou mais) lados da situação. Aqueles que veem tantos detalhes na hora da decisão são tachados de indecisos ou em cima do muro. Mas a questão é que esse perfil, é claro, tem seu lado positivo e pode agregar muito em uma equipe.

A matéria cita: “em uma situação ruim, essas pessoas tem mais facilidade em encontrar o lado positivo. Elas também conseguem organizar as informações e entender consequências de diferentes decisões



gamificaçãoA i9Ação fez uma tradução livre de um post da VP de Marketing da Badgeville, publicado pelo HR.BLR.com, para trazer ao blog as mais recentes e relevantes informações sobre RH do mundo. Confira:

As equipes de Recursos Humanos das organizações já entendem que para melhorar o desempenho dos funcionários e gerar melhores resultados em toda a organização, é preciso aumentar o engajamento. O RH está ciente da falta de engajamento dos colaboradores e busca novas estratégias para mudar esse cenário. De acordo com um recente  estudo da Mercer, funcionários engajados entregam uma experiência superior aos clientes, o que melhora a rentabilidade e constrói o valor da marca.



RH

Imagem: Marcus Souza

Após conseguir melhorar seus índices de produtividade e eficiência, alcançar visibilidade para o departamento é um dos maiores desafios dos diretores de RH. Isso porque, para os executivos das outras áreas, pode ser difícil entender como as funções de recursos humanos agregam valor ao produto ou serviço da empresa ou como impactam o lucro do negócio.

Nesse cenário, uma das mais importantes tarefas do gestor de RH é tirar as atividades realizadas em seu departamento do backstage operacional e mostrar como elas são importantes para a saúde organizacional de toda a empresa. Nesse artigo, vamos mostrar algumas formas de dar visibilidade para essa área fundamental, acompanhe!



character-265632_640Após conseguir melhorar seus índices de produtividade e eficiência, alcançar visibilidade para o departamento é um dos maiores desafios dos diretores de RH. Isso porque, para os executivos das outras áreas, pode ser difícil entender como as funções de recursos humanos agregam valor ao produto ou serviço da empresa ou como impactam o lucro do negócio.

Nesse cenário, uma das mais importantes tarefas do gestor de RH é tirar as atividades realizadas em seu departamento do backstage operacional e mostrar como elas são importantes para a saúde organizacional de toda a empresa. Nesse artigo, vamos mostrar algumas formas de dar visibilidade para essa área fundamental, acompanhe!



Palestra 16h50-19h30 (193)Captar recursos para o departamento de Recursos Humanos sempre foi um desafio para os gestores de RH. Num momento de crise como a que o país enfrenta, em que muitas empresas estão apertando os cintos e fazendo poucas concessões, a maior parte de verba disponível para investimentos acaba caindo no colo dos departamentos diretamente ligados à vendas, como o Marketing.

Embora esse cenário possa parecer preocupante para a maior parte dos gestores, são nesses momentos que os executivos têm a chance de dar uma grande visibilidade para a sua área. Como? Trazendo soluções criativas, de baixo custo e alta geração de resultados, e que consigam impactar a empresa como um todo. Esse será o assunto do nosso post de hoje, acompanhe:



connect-20333_640Se você acha que montar uma equipe de trabalho que seja promissora e eficiente demanda muito esforço, poderá ficar surpreso ao descobrir que após esta árdua missão terá de enfrentar outra bem mais complicada: manter a equipe focada nos resultados e motivada para empreender ações eficientes. 



O CONARH 2015, o maior evento de RH, aconteceu no mês de agosto com o foco na arte da gestão de pessoas. A i9Ação teve sua participação com o Mega GameJam que gamificou quase 2 mil pessoas e propôs aos participantes a criação de jogos em busca de soluções inovadoras para empresas.

A Revista Profissionais e Negócios realizou uma matéria sobre o evento e o sócio-fundador da i9Ação, Fernando Seacero, explicou sobre a importância dos games como forma de treinamento nas empresas. “Sementes de game são estruturas básicas que contêm o tema, o objetivo, as regras, as interatividades e o funcionamento, bem como a primeira forma física do game”, explica.



No maior evento de gestão da América Latina, CONARH 2015, a i9Ação realizou o Mega Game Jam. Nele, os participantes colocaram a mão na massa e criaram diversos jogos para ultrapassar desafios na vida corporativa. No final, foram distribuídas fichas para o sorteio de um GameJam exclusivo para uma empresa! Veja no vídeo abaixo se você é o ganhador!



cube-442544_640Quando falamos em gamificação, grande parte das pessoas ainda associa o conceito à tecnologia, embora seja na verdade uma metodologia de design. A tecnologia sem propósitos não vai resolver problema nenhum. Se sua empresa não redesenhar as instruções para que a atividade pareça com um jogo — seja de um capacitação ou treinamento corporativo — não vai funcionar.

Para fazer a transição de antigos processos para a metodologia de gamificação, podem-se usar desde formas mais simples e baratas (como jogos de tabuleiro ou cartas), até tecnologias robustas e de alto investimento.