O jornal Valor Econômico publicou em agosto reportagem sobre gamificação para treinamento de pessoas. Na matéria, o jornalista Danylo Martins entrevista Fernando Seacero, fundador da i9Ação

A matéria do Jornal Valor Econômico apresenta as metodologias e tecnologias que estão sendo usadas pelo mercado para treinamentos em áreas como ética, compliance e segurança do trabalho. O fundador da i9Ação, Fernando Seacero, fala que muitas empresas buscam a gamificação também para melhorar o processo de integração de novos colaboradores.

Na entrevista, Seacero conta que nos 18 anos de i9Ação, mais de 300 grandes companhias nacionais e internacionais foram atendidas para colocar uma “roupagem mais lúdica” em treinamentos em setores diferentes das empresas, não somente RH.


Fernando Seacero, coordenador do Open Innovation do CONARH, foi entrevistado pelo Crypto ID para falar sobre novas tecnologias em RH. Confira a entrevista com participação também de Sandra Gioffi, diretora do CONARH

Fonte: Crypto ID

Desde que surgiram os primeiros artigos sobre GDPR (General Data Protection Regulation) e LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados -, os grandes interlocutores entre os reguladores e empresários foram os advogados.

O que faz todo o sentido, uma vez que, as penalidades pelas infrações deverão, necessariamente, ocorrer sob litígio, portanto, obrigatoriamente por meio jurídico.


Entenda porque o uso de soluções gamificadas tem sido a grande aposta dos setores de recursos humanos na hora de recrutar

Alguns candidatos precisam driblar o nervosismo e a ansiedade, o que é comum em um processo de seleção. Já outros fazem tantos testes que não conseguem nem pensar em passar novamente pelas mesmas fases dos métodos tradicionais. Estas são apenas duas das situações que podem ser resolvidas pela gamificação na área de atração e seleção de talentos

Sabemos que questionários longos, dinâmicas em grupos, assessment, testes de personalidades e raciocínio lógico costumam ser práticas “pra lá” de conhecidas por candidatos e recrutadores. É por isso que as empresas estão em busca de soluções inovadores e mais eficientes na hora de recrutar.