onboarding

Imagem: Marcus Souza

Você se lembra do seu primeiro dia de trabalho? Teve muita informação para memorizar e aprender logo no começo? Sim, né? Então, deixa a gente te contar uma coisa: se sua empresa tivesse usado uma ferramenta mais lúdica e interativa, todo o processo de onboarding, ou seja, de integração de colaboradores, poderia ter sido muito melhor

Ter todo o potencial de um novo colaborador em ação, no menor espaço de tempo, com todos os alinhamentos feitos. Esse é um dos grandes desafios para as empresas e com certeza é um forte desejo do contratado, independentemente se a contratação é feita para o trabalho presencial ou remoto, de forma on-line.

Para contratante e contratado, é muito importante que a escolha de investir o tempo no processo de onboarding e engajamento traga como resultado uma boa experiência no início do trabalho. É por isso que você vai conhecer agora o que é o onboarding de fato e tudo que precisa saber para ter sucesso nessa etapa.



Case Grupo Risotolância

Imagem: Marcus Souza

Com as rotinas de trabalho afetadas pelo Covid-19, empresas apostam em atividades gamificadas para manter os colaboradores motivados

O conceito “gamificação”, já bastante difundido no meio corporativo, teve sua presença intensificada durante a pandemia. Com a Medida Provisória 936, de 1º de abril, surgiram novas possibilidades para o enfrentamento do estado de calamidade pública como o trabalho remoto, a redução de carga horária e as suspensões de contratos, o que levou as organizações a apostarem em plataformas on-line como os aplicativos gamificados. Por meio dos jogos, foi possível manter a produtividade, o espírito de equipe e a comunicação fluida, assim como promover conhecimento, de forma lúdica e divertida.

Nas palavras de Brian Burke, VP do Gartner Group – referência mundial em pesquisa e consultoria – a gamificação consiste no “design de experiências digitais e mecânicas de jogos para motivar e engajar pessoas para que elas atinjam seus objetivos”. A tendência mundial, que invadiu o Brasil nos últimos anos, já é considerada um grande diferencial de mercado aos setores que apostam na ferramenta.

É fato que as tecnologias mobile podem ser grandes aliadas no meio corporativo, no sentido de reduzir custos e melhorar resultados. E com o início da pandemia do Coronavírus, o processo de transformação digital das empresas tornou-se prioridade.

 


: 4 Dicas para fazer da cooperação uma aliada da aceleração da aprendizagem

Imagem: Marcus Souza

 

Por Fernando Seacero

Após todos esses anos convivendo com os MOOCs – Massive Open Online Courses, percebemos que o impacto na aquisição de conhecimento pode ser ainda maior se utilizarmos algumas estratégias para ampliar o engajamento das pessoas na aprendizagem digital

Na grande evolução no que chamamos de aprendizagem digital à distância, o que há dez anos era um privilégio de universidades e grandes corporações, hoje se multiplica no mundo com os MOOCs – Massive Open Online Courses (ou, numa tradução livre, cursos on-line abertos a todos). Os grandes expoentes deste movimento são Coursera, Khan Academy e Udemy, entre outros.

Essas plataformas são revolucionárias e abriram para muitos a possibilidade de acesso a conteúdos apresentados de uma forma muito mais palatável, eficiente e divertida do que seus antecessores. A partir destas experiências, quais as estratégias podem ampliar o engajamento e o poder do ensino por meio digital?

Segundo Niema Moshiri, pesquisador e desenvolvedor de estratégias de aprendizagem on-line da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, o conteúdo em si não gera aprendizagem. O que gera a aprendizagem é o envolvimento da pessoa com o conteúdo, após ter o primeiro contato com ele, criando perguntas e dúvidas e relacionando aquelas informações a outros conhecimentos e habilidades que já possui.

Assim, o principal desafio neste campo é transformar a experiência impessoal das plataformas em algo mais personalizado, onde a pessoas possam avançar por si no conhecimento toda vez que encontrarem um “breaking point”, ou seja, o seu ponto de ruptura.



treinamento LGPDImagem: Marcus Souza

Por Fernando Seacero

A LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) enfim entrou em vigor no dia 18 de setembro de 2020, depois de alguns impasses por conta do período de pandemia. Isso significa que a partir desta data, todas as empresas precisam estar em conformidade com a Lei. E claro que para isso acontecer, o treinamento de LGPD é essencial em qualquer organização.

Afinal, os colaboradores de diferentes times, que possuem contato direto com os considerados dados pessoais, sejam de clientes, fornecedores, parceiros ou até da base de contatos do marketing e de vendas, precisam estar preparados para agir da maneira correta, seguindo os conceitos descritos na lei.

Mas precisamos deixar algo bem claro: é preciso descomplicar a LGPD para que todos saibam interpretar a melhor forma de agir de acordo com situações e comportamentos do cotidiano. E a melhor forma de assimilar isso é por meio da interatividade e gamificação.

Confira abaixo como comunicar os conceitos da LGPD por meio de um jogo interativo, ferramenta para todos que precisam aplicar a nova lei no dia a dia e treinar colaboradores da forma mais ágil e lúdica possível.



Imagem: Marcus Souza

Por Fernando Seacero

Imagine-se na seguinte situação: é domingo à noite, e você já se prepara mentalmente para realizar o onboarding e receber os recém-contratados na sua empresa, sempre às segundas-feiras. Por conta do distanciamento social ainda necessário, o processo de integração de novos colaboradores tem sido on-line.

Além do desânimo de repetir aquele mesmo discurso há meses ou anos, você também já percebeu que os encontros por ferramentas de videoconferência são muito informativos e pouco engajadores, resultam em reuniões longas, em que as pessoas tendem a dispersar a atenção.

É natural que nem todos os novos colaboradores tenham interesse e paciência para enfrentar algumas horas seguidas de tela, com tanta informação nova chegando.

Mas, para animar este final de domingo da nossa “situação imaginária”, há uma boa notícia (e mais outra) para quem lida diretamente com os profissionais que estão sendo contratados em um cenário de pandemia.



Como entender a BioAprendizagem e o ensino eficiente? O TED Talks explica!

Imagem: Marcus Souza

Por Fernando Seacero

Entenda a metodologia BioAprendizagem de uma vez por todas. Como? A estrutura do TED Talks pode ser uma ótima forma de explicar. Confira!

Num ambiente passivo de aprendizagem, a retenção do conteúdo é no máximo entre 5 e 9% do que está sendo passado. No espaço com mais interação, num ambiente que possa gerar engajamento, a diferença é brutal, chegando a 40 ou 50%. Quando falamos sobre o envolvimento dos três cérebros na aprendizagem (BioAprendizagem), a taxa de aproveitamento do conteúdo estudado chega a 90%.

A BioAprendizagem tem como missão, além de ensinar, engajar e instigar o aluno à ação. Seu potencial de ensino é eliminar a relação fria do conteúdo, tutor e aluno, em aulas massantes que acabam não tendo aprendizagem nem resultados. E como ela consegue atingir seu objetivo? Pela aprendizagem que deve envolver as três partes do cérebro, Neocórtex, Límbico e Reptiliano, ou seja, a parte racional e lógica, a parte emocional e a parte motora.



3 formas especiais de potencializar e acelerar o aprendizado na sua empresaImagem: Marcus Souza 

Por Fernando Seacero

Continuando nosso papo sobre como a crise pode permitir que o ensino on-line seja mais eficiente, por conta do cenário mundial estar mudando cada vez mais rápido, você já deve ter percebido que as pessoas também precisam adquirir conhecimentos, competências e habilidades num ritmo quase inimaginável. A velocidade das coisas demanda que as pessoas sejam mais produtivas até mesmo para aprender!

A necessidade de dedicar meio dia por semana ou 25 dias por ano para aprender não significa que a pessoa deva estar presencialmente em alguma instituição ou escola. Provavelmente, ela fará isso on-line, de casa, no celular, no tablet ou em outro dispositivo. A aprendizagem digital é uma tendência, mesmo depois que a pandemia passar (você pode conhecer mais sobre o tema na pesquisa da Deloitte).



APRENDIZAGEM DIGITAL NA RETOMADAImagem: Marcus Souza 

Por Fernando Seacero

Há algum tempo, li o livro Sapiens – Uma breve história da humanidade, de Yuval Harari. Um dos pontos que mais chamou minha atenção foi como ele destacou o fato de a humanidade ter superado uma série de problemas mundiais nos últimos 100 anos. O autor cita a melhoria de diversos desafios relacionados à saúde e ao bem-estar da sociedade como vacinas, novos tratamentos, erradicação de doenças, anestésicos, entre outros avanços.

Com a pandemia que vivemos hoje, o mundo se vê novamente diante de desafios complexos, principalmente na área da saúde, mas também na educação e aprendizagem. Nesse momento, existe uma grande oportunidade de rever o modelo de vida adotado pela humanidade, como isso impacta na questão da saúde do planeta e de todos os seres que aqui habitam.

E claro, essa crise alavanca também a busca – e pressa – pelas melhores formas de tornar a aprendizagem eficaz, seja ela disponibilizada presencial ou digitalmente. E é sobre a aprendizagem digital na retomada que vamos falar nos artigos desta Série Aprendizagem Digital na Retomada aqui no Blog Avatarh!



Aprendizagem na retomada

Imagem: Marcus Souza 

O mundo do trabalho foi severamente afetado durante esta crise e é justamente por isso que empresas e empregadores devem desempenhar um papel fundamental de comunicação, para proteger os trabalhadores, suas famílias e a sociedade em geral

Com a pandemia do novo coronavírus, em todo o mundo, os governos e as empresas adotaram uma série de medidas de segurança, incluindo as que afetam os locais de trabalho, para combater a propagação da doença. Mas agora na retomada, como se comunicar com todo o time mesmo com o distanciamento social?

Qual será o melhor modelo de comunicação de diretrizes que as empresas devem enviar aos seus funcionários? Existem formas de facilitar esse processo? É isso que você vai conferir a partir de agora.

 



aprendizagem digital cuidados com covid

Imagem: Marcus Souza 

Para a retomada das atividades, é responsabilidade de cada organização gerenciar as questões da pandemia e os cuidados com o COVID dentro da empresa. Garantir que os colaboradores recebam treinamentos e informações é uma necessidade que pode ser atendida desde já

Fornecer conteúdo qualidade, de forma ágil e organizada, bem como, ter claro o posicionamento institucional sobre a pandemia é um passo indispensável para as empresas cuidarem dos colaboradores e dos clientes em várias esferas. Além da saúde dos negócios, ainda é preciso reforçar informações para evitar o contágio e a transmissão.

Por isso, hoje selecionamos 9 recursos que podem ajudar as empresas e implementarem treinamentos digitais de sucesso sobre cuidados com o COVID-19.



5 passos para ter sucesso na SIPAT DIGITAL

Imagem: Marcus Souza

A SIPAT é essencial para garantir a segurança dos colaboradores, inclusive neste momento de pandemia. Por isso, é importante saber que é simples migrar o SIPAT para o Digital! Por isso preparamos o ebook 5 passos para ter sucesso nessa migração

Afinal de contas, o mundo mudou, os eventos foram uma das atividades mais impactadas com a chegada da pandemia. Mas isso não pode impedir que a comunicação proporcionada pelos eventos deixe de acontecer.



Os 10 benefícios da SIPAT digital

Imagem: Marcus Souza

Você sabe quais os resultados que a mudança no formato e no ambiente da SIPAT pode trazer para seu time e para a sua empresa?

Cada empresa possui os seus objetivos ao realizar o evento, correto? Mas ao optar pela SIPAT Digital existem alguns resultados claros que você precisa conhecer!

 

Conheça os 10 resultados da SIPAT Digital com o 2Gether



Ebook - Como organizar a SIPAT

Imagem: Marcus Souza

A realização de eventos, reuniões e treinamentos nas empresas estão entre as principais mudanças e inovações decorrentes da pandemia global do COVID-19. Já que não podemos formar aglomerações nos espaços físicos, o caminho é inovar com soluções e ferramentas digitais.

Se a sua empresa conta com uma CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, um dos desafios 2020 é a obrigatoriedade e a relevância de realizar a SIPAT – Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho.

 

Mas como seguir com a realização da SIPAT em 2020?



microlearning na segurança do trabalho

Imagem: Marcus Souza

As empresas precisam garantir que os padrões de segurança do trabalho sejam respeitados por todos, especialmente por aqueles que o trabalho envolve algum risco. É papel dos empregadores conscientizar seus funcionários sobre os processos e procedimentos de segurança. E você sabia que uma duas metodologias que ajudam nisso são microlearning e gamificação?

É fundamental garantir que os times façam seus trabalhos com conhecimento total das operações e medidas de segurança. Embora as empresas possuam maneiras próprias de treinar sua equipe, a forma de treinamento mais tradicional nem sempre é eficaz. 

As organizações geralmente consideram a SIPAT, a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho como o único treinamento de segurança no ano. Uma programação intensa para abordar tudo o que é importante. E queremos mostrar que existem formas de melhorar essa experiência.

Confira agora os detalhes sobre a eficácia da gamificação e do microlearning na segurança do trabalho e como sua empresa pode colocar essas soluções em prática.

 

Como combater a falta de interesse nas práticas de segurança do trabalho?



Tudo sobre Gamificação

Imagem: Marcus Souza

 

Iniciativas corporativas com gamificação (gamification) são grandes aliadas dos profissionais de Recursos Humanos, Marketing, Eventos, Vendas, Segurança da Informação, Segurança do Trabalho e Compliance de empresas do Brasil e do Mundo. Cada vez mais, gestores e empresários buscam soluções para ampliar o envolvimento dos colaboradores nos processos da organização e, assim, melhorar seus resultados

Você já deve ter ouvido falar em jogos para aprendizagem de colaboradores! A metodologia tem atraído a atenção de empresários e gestores para transformar treinamento e desenvolvimento de colaboradores por meio de jogos corporativos para aprendizagem, potencializando consequentemente os resultados da empresa.

É isso mesmo, os jogos são uma forma de aumentar a performance de profissionais, equipes, comunidades, (preferencialmente de maneira cooperativa) para atingir objetivos diversos. E o porquê deste potencial da gamificação você vai descobrir nas próximas linhas.

Esses games podem ser desenvolvidos em plataformas físicas (um exemplo é aquele tipo de tabuleiro gigante onde as pessoas podem até caminhar por cima) ou de soluções digitais (para desktop ou mobile). Hoje em dia, já existem empresas especializadas nesse tipo de produção, ofertando desde ferramentas padronizadas até soluções gamificadas feitos sob medida.

A questão é que é preciso unir conhecimentos como games, designer, negócios, ciência da aprendizagem, didática, programação em diversas linguagens, conteúdo, que consigam ensinar muita coisa por meio das horas de “jogatina”.

Para ajudar você a tirar todas as dúvidas e conhecer tudo sobre o tema, compilamos as informações para que sua empresa e seus colaboradores possam tirar o máximo de proveito dessa metodologia. Confira!



sipat 2020

Imagem: Marcus Souza

Para todas as empresas que contam com uma CIPA, é preciso realizar anualmente a SIPAT – Semana Interna de Prevenção de Acidentes. Se você já organizou um desses eventos, com certeza sabe que demanda (em um cenário normal) uma série de definições e um extenso processo de organização. Mas como será que as empresas podem realizar a SIPAT 2020?

 

Com a pandemia do novo Coronavírus e a instauração da quarentena em todo o mundo, a SIPAT 2020 precisará ganhar adequações dentro do “novo normal”, que é o trabalho home office, algumas escalas de trabalho reduzidas e regras de distanciamento social, além de dos novos hábitos e padrões de higiene e de segurança. E como fazer a SIPAT 2020 neste contexto?

Apesar das mudanças exigidas agora, o momento só antecipou algumas tendências e acelerou a transformação digital na realidade das empresas. É aproveitando dos pontos positivos que você pode superar os desafios para realizar a SIPAT 2020, e ainda trazer as atualizações da segurança do trabalho necessárias nesse contexto.

Confira agora como superar 6 principais dificuldades de realizar o SIPAT em 2020 e melhorar o que já precisava de uma modernização. Vamos apresentar alguns pontos sobre soluções digitais para um SIPAT de sucesso.



E agora, lives!Futuro chegou com tudo e (quase) todos nós viemos instantaneamente vivenciar o home office e a utilização de plataformas de comunicação. Toda preparação e evolução pensadas pelas empresas neste caminho foram aceleradas, e muitos estão agora em uma curva de aprendizagem sem precedentes sobre a forma de trabalho. Esta mudança trouxe algumas surpresas

Todos os dias converso com gestores e executivos de diversas organizações e, quando pergunto como estão as coisas, é quase que uníssono:

“E não é que a produtividade está ainda maior?”.

Também escuto vários outros comentários de como o número de calls está insano ou mesmo como é difícil a vida e o trabalho em casa com as crianças.

Mas, no geral, outro relato tem me deixado ainda mais perplexo.

“Cara, acho que é um caminho sem volta. Estamos estudando estrategicamente a possibilidade de não voltarmos mais de fato para o escritório”.

Junto com estas mudanças na aprendizagem organizacional aconteceu um fenômeno.



planejar gamificação

A gamificação está ganhando cada vez mais espaço no mundo corporativo, traz resultados incríveis e mensuráveis com a tecnologia. Porém, como planejar um jogo corporativo da forma mais eficiente e profissionalizada? Conheça as dicas de Fernando Seacero, fundador da i9Ação

No mês de abril é celebrado o Dia da Educação. A data foi ampliada, sendo chamada também como “Dia do Gamifico” pelo fundador da i9Ação, Fernando Seacero. Afinal, essa ferramenta digital pode agregar — e muito— no aprendizado de adultos pelo diferencial de acelerar a aprendizagem e possibilitar que o conteúdo aprendido fique na memória por mais tempo. O importante é utilizar a gamificação da maneira certa.

Em um estudo da The Elearning Guide, 79% das pessoas afirmam que seriam mais produtivas se aprendessem através de jogos. Para os tempos de quarentena, a gamificação corporativa digital é uma solução que está sendo muito mais procurada do que o mesmo período de 2019 e de 2018, mensura Seacero dentro do balanço da i9Ação.

“Há 18 anos trabalhamos com jogos corporativos para aprendizagem e há 7 anos estamos aplicando a metodologia dos tabuleiros gigantes em plataformas gamificadas para celulares e computadores. Isso foi extremamente relevante para conseguirmos dar o respaldo para nossos clientes nesse momento de isolamento social e Home Office”, descreve.



microlearning

Imagem: Marcus Souza

 

Se a quarentena é um período de pausa para uma análise profunda de todos os processos, o treinamento dos colaboradores também não tem escapatória. Por isso, hoje estamos aqui para falar sobre o Microlearning

Mas antes, precisamos falar sobre os treinamentos tradicionais, que imploram para serem repensados. Não é de hoje que ouvimos a expressão “Morte pelo  PPT”. Seja o chefe ou o colaborador, todos clamam por soluções mais modernas, mais eficientes e mais legais, afinal, todos querem estar em um local cheio de engajamento. 

Você já deve ter acompanhado nossos posts sobre como gamificar seus processos. Porém, hoje, por três motivos nosso foco é abordar o Microlearning:

 

  • É uma metodologia que merece sua atenção pelo simples fato de vir para mudar padrões e conceitos;
  • Hoje em dia é preciso se atualizar com o que há de melhor no Brasil e no Mundo;
  • Nosso fundador Fernando Seacero indica o livro Microlearning: Short and Sweet, de Karl M. Kapp e Robyn A. Defelice.


GamificoPor Fernando Seacero

Se é para o bem de todos e felicidade geral das organizações, afirmo: gamificação para aprendizagem de adultos não é coisa do passado, muito menos está com os dias contados. Ao contrário do que já ouvi por aí por todo esse tempo que gamifico, o volume de utilização da gamificação no mundo só cresce. Em uma pesquisa da The Elearning Guide, 79% das pessoas dizem que seriam mais produtivas e motivadas se aprendessem através de jogos. Enquanto isso, com o avanço da ciência de dados, novas possibilidades surgem para que essa metodologia entregue ainda mais valor às empresas

Apesar da prática e da eficácia virem de longa data, o termo gamificação, em si, foi cunhado somente na década passada, muito por conta do crescimento do mercado mundial de games, principalmente, digitais. Hoje, há mais de um bilhão de jogadores assíduos. Ao avaliar esse fenômeno, estudiosos descobriram que o que mantém as pessoas conectadas não é magia nem só tecnologia, mas os elementos dentro dos jogos, como personagens, rankings, recompensas, missões, histórias etc. Ao transportá-los para o universo corporativo, o que ocorreu por volta de 2010, nasceu a metodologia.

Só que, para gamificar, não basta mais pegar elementos de jogos, digitais ou de tabuleiro, e colocá-los num treinamento tradicional, dando uma roupagem mais atrativa e divertida. Mais do que negócios, estamos falando aqui da gamificação como uma ferramenta de educação, de treinamento e desenvolvimento de pessoas.



2Gether

Como sua empresa se comunica com seus colaboradores? No dia a dia, surgem diversas informações que precisam ser compartilhadas e, nesse período de quarentena, esse trabalho se tornou ainda mais importante. Mas para tornar esse processo mais simples, rico e divertido, nós da i9Ação lançamos uma nova solução gamificada: o 2Gether!

Diferentemente de outras soluções, o 2Gether une uma série de funcionalidades que ajudam as empresas a manter um contato contínuo com (e entre) os colaboradores através de um canal exclusivo

Entre os principais benefícios, está a possibilidade de analisar relatórios de uso e acesso, rico em detalhes (você pode conhecer melhor falando com nossos especialistas). Mas isso é só uma das possibilidades.

Veja a partir de agora o que é a plataforma 2Gether, como funciona na prática e quais os seus principais benefícios para as empresas:



aprendizagem corporativa

Escolha as 3 opções certas sobre aprendizagem corporativa na cultura 4.0 🙂

O que você poderia imaginar que seria o futuro da aprendizagem corporativa na verdade já é o presente e está aqui: nos ambientes empresariais também. Os métodos tradicionais estão mudando rapidamente, passando para modelos mais dinâmicos e interativos. Quer saber as novidades sobre estratégias de aprendizagem? Vem comigo!

A Indústria 4.0 surgiu com a entrada de novas tecnologias para entretenimento, para facilitar a nossa rotina e para termos acesso a um grande volume de informações. A chegada da tal Cultura 4.0 impacta completamente no comportamento da sociedade e reflete dentro da cultura organizacional.

Devido a essa nova realidade, as necessidades ligadas à aprendizagem corporativa estão crescendo (e mudando) em todas as áreas. Aí começamos a nos deparar com universos complexos chamados Microlearning, Gamificação e Aprendizagem em rede.

E o que será que realmente significa isso?

 

O que muda em termos de aprendizagem corporativa na cultura 4.0?



Você sabia que a gamificação pode ser utilizada para diversos objetivos na sua empresa? Confira como a Allergan usou duas metodologias gamificadas para melhorar o desempenho do seu time de vendas!

Contornar as objeções do cliente era uma das técnicas de vendas a serem aprimoradas pelo time da unidade brasileira da Allergan, que é a subsidiária número um em vendas na América Latina. Os desafios e aprendizados que viriam para a convenção de vendas da fabricante da indústria farmacêutica não paravam por aí.

Os 182 profissionais da área de vendas e relacionamento com o cliente também deveriam aprofundar seus conhecimentos sobre as 5 áreas de atuação e produtos da empresa: Cool Sculpting, Eye Care Farma, Eye Care Retina, Medical Aesthestics e Specialty Care.

Pensando em melhorar a absorção dos conteúdos e fazer o treinamento de forma lúdica e imersiva, os líderes da Allergan buscaram a i9Ação.

 

Estratégia de gamificação para a Allergan



Ragnarok - A batalha entre as formas de aprendizagem Interativa e os antigos EADs

Foto: Freepik

Por: Fernando Seacero*

Durante muitos anos, as empresas buscaram apenas duas coisas em relação a gestão de pessoas: controle e medição. O ritmo de transformação nas ‘eras glaciais’ de inovação nos negócios mantinha a necessidade de aprendizagem e desenvolvimento profissional dentro do gélido – às vezes morno – estado das coisas.

Mas o gigante da alta performance e disrupção acordou.

Em 2010, a velocidade de inserção de negócios disruptivos em diversos mercados deu um salto, juntamente com a utilização da tecnologia. O aparecimento de startups se espalhou, e o interesse – quase que descuidado – de empresas em se aproximar deste novo mindset explodiu em coworkings, onde os executivos e profissionais se encontram com mentes de starters para trocarem figurinhas.

Tudo isto é essencialmente incrível e estamos de fato vivendo uma aceleração sem precedentes de inovação e absorção de soluções, inclusive pelas grandes organizações.



Tem muitas formas para medir o resultado da plataforma gamificada para a formação de gerentes:

  • Uma delas é Analytics!
  • Uma outra é tirar uma foto 🙂

Então fomos lá medir novamente, aplicamos a 2ª Edição.

Veja aqui o segundo relatório:



plataforma gamificada para produtores rurais

 

Seis grupos de produtores rurais já passaram pela plataforma gamificada para entender – na teoria e prática – não só como ser protagonista e ser mais ativo em seu setor. Eles também aprenderam o poder do jogo como método de aprendizagem

A formação de novas lideranças e o estreitamento dos elos do sistema associativo têm sido pauta do Sistema FAEP/SENAR-PR (Federação da Agricultura do Estado do Paraná / Administração Regional do Estado do PR). A plataforma presencial gamificada “Agro Pro – Produtor Protagonista” foi desenvolvida como uma das estratégias para a mobilização do produtor rural local.

Quer saber como funciona a Plataforma Gamificada?



O APP do Fórum G3 tem alguns objetivos, um deles é trazer na prática a inovação que é abordada durante o evento pelos líderes e profissionais de RH no Espaço Cubo Itaú. A programação também utilizou o aplicativo como ferramenta de pesquisa em uma atividade interativa para o fechamento. Veja as perguntas e respostas sobre o futuro!

Embora os participantes tivessem quatro horas de imersão ao vivo no Fórum G3, eles puderam interagir com conteúdo e contatos por muito mais tempo! Isso por conta do APP Gamificado do evento! 

Além disso, com a funcionalidade do Quizz, a programação do dia foi finalizado com uma dinâmica, onde todos responderam questões sobre a transformação do futuro (que já está acontecendo) pelo próprio celular, e a porcentagem de acertos aparecerem em um gráfico no Painel em tempo real. 

Hoje vamos mostrar nesse blog as perguntas e as respostas da pesquisa sobre Humanabilidade, Educação, Novas profissões e formas de trabalho, Tecnologia e Sustentabilidade.

QUIZZ: o resultado da pesquisa!

Clique na imagem para ampliar:

Humanabilidade

Educação



A matéria de CAPA da Revista Melhor – Gestão de Pessoas colheu opiniões e experiências de empreendedores que buscam desenvolver soluções disruptivas para aprimorar o aprendizado no Brasil

Definir como será a educação no futuro já não é um desafio tão distante. A tecnologia já molda a forma de aprender e inova constantemente. É esse o tema da reportagem da última edição da Revista Melhor, escrita por Gumae Carvalho.



game corporativo feito sob medida

Aprenda mais como é criado um game corporativo sob medida e sobre o processo que torna a gamificação possível! Saiba como uma solução de aprendizagem gamificada pode revolucionar processos internos da sua empresa, como a integração ou treinamento de funcionários

É sempre um desafio para as empresas transmitir de forma lúdica e eficiente uma grande quantidade de informações,sejam elas simples ou complexas.

Com horas limitadas e a atenção dividida, é difícil engajar a equipe em treinamentos ou envolver novos colaboradores em integrações, garantindo que o conteúdo seja lembrado e aplicado no dia a dia.

No entanto, quem já desenvolveu e aplicou um game corporativo feito sob medida sabe que essa solução pode mudar o panorama e revolucionar a aprendizagem, o engajamento e o trabalho em equipe na empresa.



O jornal Valor Econômico publicou em agosto reportagem sobre gamificação para treinamento de pessoas. Na matéria, o jornalista Danylo Martins entrevista Fernando Seacero, fundador da i9Ação

A matéria do Jornal Valor Econômico apresenta as metodologias e tecnologias que estão sendo usadas pelo mercado para treinamentos em áreas como ética, compliance e segurança do trabalho. O fundador da i9Ação, Fernando Seacero, fala que muitas empresas buscam a gamificação também para melhorar o processo de integração de novos colaboradores.

Na entrevista, Seacero conta que nos 18 anos de i9Ação, mais de 300 grandes companhias nacionais e internacionais foram atendidas para colocar uma “roupagem mais lúdica” em treinamentos em setores diferentes das empresas, não somente RH.



Fernando Seacero, coordenador do Open Innovation do CONARH, foi entrevistado pelo Crypto ID para falar sobre novas tecnologias em RH. Confira a entrevista com participação também de Sandra Gioffi, diretora do CONARH

Fonte: Crypto ID

Desde que surgiram os primeiros artigos sobre GDPR (General Data Protection Regulation) e LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados -, os grandes interlocutores entre os reguladores e empresários foram os advogados.

O que faz todo o sentido, uma vez que, as penalidades pelas infrações deverão, necessariamente, ocorrer sob litígio, portanto, obrigatoriamente por meio jurídico.



Entenda porque o uso de soluções gamificadas tem sido a grande aposta dos setores de recursos humanos na hora de recrutar

Alguns candidatos precisam driblar o nervosismo e a ansiedade, o que é comum em um processo de seleção. Já outros fazem tantos testes que não conseguem nem pensar em passar novamente pelas mesmas fases dos métodos tradicionais. Estas são apenas duas das situações que podem ser resolvidas pela gamificação na área de atração e seleção de talentos

Sabemos que questionários longos, dinâmicas em grupos, assessment, testes de personalidades e raciocínio lógico costumam ser práticas “pra lá” de conhecidas por candidatos e recrutadores. É por isso que as empresas estão em busca de soluções inovadores e mais eficientes na hora de recrutar. 



Você sabe como alcançar alto engajamento com Gamificação, reunindo User Experience e Analytics? Veja nossa galeria de imagens abaixo 🙂

Em agosto, reunimos mais 100 convidados para vivenciar nosso 2º Workshop de Soluções Gamificadas, User Experience e Analytics. O objetivo foi de demonstrar mais uma vez nossas estratégias para desenvolvimento de User Experience e engajamento, além de apresentar como estruturamos a captura e análise de dados com a Gamificação.



App Open Innovation Conarh 2019

Por meio de um aplicativo que traz games e dilemas, profissionais da gestão humana poderão alavancar seus conhecimentos sobre as novidades do setor de forma divertida e, ainda, concorrer a prêmios de alto valor.

Já disponível para dispositivos: iOS e Android

Acredite se quiser, mas se você baixar agora o APP Innovation CONARH 2019, você poderá aprender sobre os assuntos mais discutidos atualmente no setor de Recursos Humanos e gestão do capital humano empresarial. E é jogando que seus conhecimentos podem ser testados e aprofundados.

Pensando nisso, o aplicativo gamificado foi desenvolvido pela i9Ação em parceria com a ABRH com a finalidade específica de transmitir e estabelecer parâmetros de debate sobre os conhecimentos de gestão, novas formas de trabalho, metodologias de rotina administrativa e diversos outros tópicos de interesse de vários profissionais.

Por meio de um cadastro simples, após o download via iOS Store e Android, usuários podem disputar posições em um ranking que atribuirá prêmios aos melhores colocados.

E para ajudar você a entrar no game, participar e ganhar, nós falamos com Fernando Seacero, nosso CEO, que é idealizador da iniciativa e também líder da área de Open Innovation do CONARH. Confira o que ele tem a nos dizer:

 

Como assim, além de aprender ainda ganho prêmios?



A gamificação como sinônimo de aprendizado, desenvolvimento contínuo e feedback agilizado dentro das empresas é tema de reportagem do Estadão (leia aqui)

As empresas, cada vez mais, buscam por soluções que as ajudem a engajar seus funcionários, de ponta a ponta: do onboarding aos treinamentos de qualificação, da atração de talento as ações de retenção de colaboradores. 

A resposta que muitos gestores têm encontrado para reunir suas principais demandas em uma solução está na gamificação. Isso porque os métodos de ensino tradicionais resultam na absorção do conteúdo entre 8% a 12%, quando a gamificação é utilizada essa porcentagem pode saltar para até 45%.



Game digital customizado e escalável

Games Digitais de Aprendizagem estão cada vez mais em alta para treinamento e engajamento de pessoas, que tal conhecer mais sobre – o que também podemos chamar de – plataforma digital de experiências de aprendizagem

Se você precisa engajar os colaboradores com o seu negócio, treinar comportamentos desejados, passar informações da empresa de maneira leve e descontraída, tudo isso com a garantia de ter escalabilidade para atender centenas ou milhares de  colaboradores, pode ser que você precise de gamificação ou games digitais de aprendizagem customizados.

E para escolher o melhor formato para isso, é importante conhecer as opções!

Hoje, vamos explicar aqui no Blog AvataRH:

  • O que é o Online Wow
  • O que são games digitais de aprendizagem – CUSTOMIZADOS E ESCALÁVEIS
  • Qual a diferença do Online Wow e do APP Wow, além de exemplos para escolher essa solução.

Confira o que estamos preparando e aprontando nesse mundo afora com essa tal gamificação 😊



A publicação destaca o uso de jogos e técnicas lúdicas em treinamentos corporativos e avaliações de colaboradores

A prática da gamificação, como é popularmente chamada, tem ganhado cada vez mais espaço no mercado, especialmente por empresas que buscam realizar atividades de avaliação ou treinamento por meio de métodos “não convencionais”.

Pioneira neste mercado, a i9Ação concedeu entrevista para a revista. Confira!



Entenda como funciona o Onboarding Gamificado e por que ele está sendo adotado pelas empresas para integrar novos colaboradores. Trace a estratégia perfeita para que todos da empresa, não só os novos, fiquem engajados

Fazer com que novos profissionais se adaptem mais rapidamente à cultura organizacional é uma missão importante, além disso, faz toda diferença no  resultado e no engajamento geral. Por isso, muitas empresas apostam no onboarding, que consiste em várias práticas para facilitar a ambientação do novo empregado.



diretor de atendimento e conteúdo da empresa de gamificação

Especialista com 25 anos de mercado é diretor de atendimento e conteúdo da empresa de gamificação

Trazer inovação aos processos de assessment e avaliação de potencial do mercado de RH é uma das metas do Diretor de Atendimento e Conteúdo da i9Ação Treinamento de Desenvolvimento. O novo head é Joel Arao, reconhecido por sua expertise em avaliação de potencial, o especialista possui 25 anos de experiência na área de Assessment Center em uma das empresas, incluindo 18 anos dedicados a MBA Empresarial.  



Quer saber qual a solução gamificada que melhor atende ao seu desafio? Então entenda quando escolher jogos presenciais, digitais ou híbridos

Ter todo o potencial em ação de um novo colaborador no menor espaço de tempo! Esse é um dos grandes desafios para o contratante e com certeza um forte desejo do contratado. Para ambos é muito bom que a escolha de investir o tempo no processo de contratação e engajamento traga como resultado uma boa experiência, além de aprendizado. (Assista aqui um depoimento que demonstra como tudo isso funciona na prática)

Portanto, os dois lados deste processo merecem o recurso que acelera o procedimento de chegada. E transformar essa adaptação em algo divertido, leve e eficiente proporciona engajamento para ambos os lados!

Quer saber como um game pode ajudar e qual formato é melhor para cada caso? Descubra como um jogo de aprendizagem pode solucionar muitas questões além do onboarding!

Siga a nossa jornada! Ah, e divirta-se:



Onboarding com jogos de aprendizagem

Welcome

Entenda como os games de aprendizagem podem solucionar e otimizar a Integração de Novos Colaboradores e conheça 6 exemplos de desafios que podem ser solucionados por game presencial, online ou mobile

A Gamificação de Onboarding é a utilização de metodologias de jogos aplicadas no conteúdo da empresa para acelerar e ampliar o impacto do processo de integração de novos colaboradores.

A gamificação e o learning game permitem que o novo contratado esteja rapidamente alinhado às premissas da empresa e ao seu posto de trabalho, solucionando também muitos outros desafios.



A gamificação é uma ferramenta de engajamento para qualquer público, inclusive, para todas as idades. É o que prova o APP desenvolvido para o maior evento que celebra a maturidade no Brasil

A 4ª edição da Virada da Maturidade, iniciativa destinada para todas as idades, contou com uma novidade pra lá de digital em abril de 2019. Os mais de 20 mil participantes puderam acessar informações e interagir pelo celular com as atividades que aconteceram por São Paulo.

Se você ainda não conhece, a Virada da Maturidade é o primeiro e maior festival que promove o protagonismo dos idosos com experiências e atividades gratuitas, celebrando uma vida socialmente mais ativa, com qualidade, independência, conforto e segurança.

A i9Ação é uma das idealizadoras do evento em parceria com a psicóloga Fernanda Gouveia e, neste ano, desenvolveu o aplicativo com layout feito especialmente para a maior idade. Hoje, aqui no blog, estamos disponibilizando algumas telas para você conhecer o APP e também algumas fotos do que já é um movimento em nossa cidade. Confere só:



learning-game-gamificação-desenvolvimento-de-pessoas

Colaboradores engajados e integrados são 480% mais comprometidos com o sucesso da empresa onde atuam, por isso, metodologias de engajamento precisam estar claras para os profissionais responsáveis pela gestão de pessoas

Dizer que bons games corporativos engajam os colaboradores não é novidade, certo? No entanto, muitas pessoas ainda fazem confusão sobre as diferenças entre learning games (ou jogos de aprendizagem) e gamificação.

Estas metodologias podem ser utilizadas de forma isolada, mas muitas vezes se somam. Dessa maneira, é preciso entender bem os recursos para explorá-los da melhor maneira possível dentro de uma empresa para treinar, engajar e integrar pessoas.

Se você ainda não sabe a diferença entre os termos, continue a leitura:



assessment-mercado-de-rh

Os CEOs e gestores sabem que investir no capital humano e fazer melhores contratações são práticas essenciais para promover o crescimento da empresa. Diversas estratégias são empregadas para conhecer os candidatos selecionados para entrar na organização, ou mesmo, mapear o perfil dos colaboradores que já estão lá. A partir das informações do assessment é possível fazer uma gestão de pessoas organizada e ter clareza na tomada de decisões.

Neste post, vamos explicar melhor o que é assessment, sua utilidade e como superar esses obstáculos. Confira!



Assista ao depoimento da diretora de RH da CPI Tegus, Livia Zappa, e entenda em 3 minutos como funciona e qual o impacto da gamificação para a integração de novos colaboradores

A CPI Tegus queria mostrar o que, realmente, os valores da empresa representam e como impactam no dia a dia do trabalho. Mas queria apresentar isso de uma forma criativa, lúdica e eficiente. Ela conseguiu! E é por isso que a diretora de RH, Livia Zappa, nos mandou esse depoimento.

Agora, convido você para conhecer um pouco do que foi esse nosso projeto de GAMIFICAÇÃO DE ONBOARDING. Mas, aviso: prepare seu coração! Existe o perigo de você se apaixonar pela gamificação!



Você conhece soluções que utilizam games para estruturar processos de RH? Não? Então, veja como a i9Ação faz isso em um workshop sobre User Experience

Para quem vive o dia a dia do setor de Recursos Humanos, uma questão recorrente é saber como melhorar e inovar em processos como onboarding, cultura de segurança do trabalho, liderança e ética e compliance, especialmente levando o conceito de User Experience em consideração.



Há 4 anos a Virada da Maturidade e a i9Ação andam de mãos dadas. Anunciamos mais uma edição que acontecerá entre os dias 11 e 14 de abril de 2019

Em 2011 foi a primeira vez que entrei em contato com uma iniciativa que reunia toda a cidade em prol de uma ideia e fiquei encantado. Nas primeiras conversas já percebemos que havia muita sinergia entre a missão deles e da i9Ação, que já desenvolvia games presenciais e digitais, e resolvemos nos apoiar mutuamente compartilhando espaço, comunicação e organização de alguns eventos.

Trabalhamos e trocamos experiências, dividindo nossa antiga casa, na Vila Madalena. Toda a proposta do festival me inspirava, e também eu percebia o quanto um evento como este conseguia mobilizar as pessoas para reflexão e aprendizagem sobre alguns princípios, como sustentabilidade.

Um dia perguntei ao um dos sócios daquela ideia o que ele achava de ter um espaço especial para os idosos e suas famílias! Eu via muito pouco espaço e investimento em ações para estas pessoas que podem trazer tanta experiência e sabedoria para nossa sociedade.  No dia seguinte ele me instigou com a pergunta: “Por que você não cria uma virada para este público?”



A cada instante, o mercado grita que é preciso inovar para sobreviver, certo?

Para isso, as empresas não estão apenas reinventando seus processos. Elas descobriram que precisam trazer gente nova para seus quadros de funcionários, precisam de pessoas que pensam como o consumidor 3.0 ou 4.0.

E trazer as pessoas certas para o seu time é fundamental! O estagiário não pode mais ser o cara que se contenta em servir um cafezinho para o escritório inteiro. Ele precisa ser aquele talento extraordinário que vai pensar em uma ideia genial para o seu negócio. Nesse contexto, a seleção de trainees ganha uma importância gigantesca.



A aplicabilidade da gamificação para integração de novos colaboradores é uma tendência para a área de recursos humanos e comunicação interna

Por meio da metodologia de gamificação é possível utilizar uma série de ferramentas e tipos de games para engajar os novos funcionários com a cultura organizacional, apresentar o conteúdo do Código de Ética e Conduta, fazer uma imersão antecipada e virtual no ambiente de trabalho e, também, promover cooperativismo e companheirismo.



Descubra os benefícios de utilizar a gamificação para inovar e melhorar seus processos. Principalmente no processo de atração e seleção de talentos (Veja também a Galeria de Imagens acima do workshop vivencial sobre atração e seleção de talentos da i9Ação)

Atualmente, grande parte das empresas demonstra insatisfação com os modelos convencionais de treinamento e processos de seleção. Esse problema se acentua à medida em que as novas gerações chegam ao mercado de trabalho.

Os milenials estão acostumados a consumir informação de maneira mais interativa, o que torna o aproveitamento de treinamentos ainda menor, quanto aos processos de atração e seleção o método não conversa. É preciso utilizar uma linguagem adequada para atingir esse público e recorrer a meios que promovam o engajamento.

Uma metodologia que está conquistando espaço no mercado é a gamificação. Trata-se da aplicação de princípios utilizados na construção de jogos para envolver, estimular e engajar as pessoas em diversas situações, inclusive de aprendizagem. A adoção dessa tendência tem gerado resultados extraordinários para trabalhar possibilidades, quer saber quais?

Resultados extraordinários da gamificação nos processos de Seleção de Talentos 



Para destacar sua empresa no mercado, uma necessidade é ter um quadro de colaboradores altamente capacitado – e engajado. Melhor ainda se finalizar o ano com o balanço “melhor do que a encomenda” e começar a nova jornada com o plano estratégico bem alinhado e os conteúdos bem nivelados

Para reservar seu lugar ao sol é preciso usar as melhores metodologias para engajar os funcionários e potencializar a aprendizagem. Mas como fazer isso e quais metodologias escolher para acertar? Sabendo que as metodologias convencionais não estão tendo boa efetividade, hoje, o Blog AvataRH veio explicar NA PRÁTICA sobre a adoção de ferramentas inovadoras!

Então se você quer saber como um aplicativo gamificado contribui para engajar funcionários e potencializar a aprendizagem, você tem duas missões:

1 – Continue lendo e entenda como jogar o i9 Challenge. Experiencie e saiba como o app gamificado pode se aplicar em sua empresa.

2 – Disponível para quem quiser baixar e conhecer um modelo de game corporativo para aprendizagem! Você já baixou o i9 Challenge? Você pode encontrá-lo no Google Play ou na Apple Store;



Descubra como os jogos corporativos podem ajudar a disseminar a Cultura Organizacional e o Código de Ética e Conduta de sua empesa  

Você ainda acha que seus colaboradores conseguem ler e aplicar todos aqueles manuais cheios de regra, aqueles que você envia por e-mail? A verdade é dolorida, mas não, né!? Se sua empresa ainda investe apenas nas velhas apresentações do passado, esses documentos correm um sério risco de serem esquecidos, junto ao código de ética e de conduta.

A boa notícia é que é possível disseminar suas mensagens e procedimentos de um jeito mais prático e envolvente. Uma metodologia de fazer isso que tem conquistado o mercado e os colaboradores são as aplicações de jogos corporativos. 



Se você já pesquisou sobre a importância da gamificação no ambiente corporativo, certamente, já se deparou com o Challenge. Ele é um jogo digital personalizado para atingir o objetivo da sua empresa -inclusive aquelas de mais urgência que precisam começar ainda este ano

O Challenge envolve o seu time interno com o tema da sua escolha, servindo de maneira lúdica e interativa para a aceleração da aprendizagem da sua equipe, enquanto também gera engajamento emocional, captura dúvidas em relatórios, e levanta os pontos de mais interesse dos usuários.

Achou interessante? Então, venha conosco e descubra agora mesmo 7 razões para você investir no Challenge ainda este ano! Entre elas, você vai ver alguns dos objetivos que podem ser customizados e alcançados:

1. Promove a integração dos colaboradores



Case JPR gamificaçãoNavegação intuitiva, interação com palestras e agenda personalizada são alguns dos recursos utilizados no aplicativo da Jornada Paulista de Radiologia

Como manter a atenção de mais de milhares de pessoas, durante 4 dias de palestras e congressos? Simples: oferecendo uma experiência diferenciada, e gamificada, por meio de um aplicativo para eventos!

Essa foi a estratégia que a i9Ação usou para ampliar o engajamento dos visitantes da Jornada Paulista de Radiologia (JPR), promovido pela Sociedade Paulista de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (SPR), em São Paulo. O encontro é consolidado no segmento de radiologia e que tem crescido a cada ano.

Quer saber como foi? Então, confira:



Evento gratuito para gestores, em parceria com Espaço Fit, ensina gamificação para engajar os funcionários no processo de “boas-vindas”

Após o sucesso do 1º Encontro (veja aqui galeria de imagens) com mais de 100 líderes de RH presentes, o segundo encontro aconteceu em 20 de setembro, durante a festa de inauguração do Espaço Fit Eventos – Unidade Chácara Santo Antônio.

Destinado aos gestores de empresas de RH e de comunicação interessados em eventos corporativos, o 2º Encontro de Integração de Novos Funcionários e Revitalização de Cultura Organizacional da i9Ação explorou várias plataformas gamificadas junto aos participantes.

 

Além de ser uma novidade crescente no mercado de trabalho, os jogos corporativos são uma forma diferenciada de estimular a aprendizagem dentro das empresas.

“Uma das maiores demandas do mercado é pela gamificação para a integração de novos colaboradores, por isso, estamos promovendo este encontro para demonstrar como utilizar a metodologia para melhorar a qualidade do trabalho e da comunicação, bem como, para criar soluções internas que atendam aos objetivos da empresa”.

Para melhorar a qualidade do trabalho a partir de jogos corporativos, veja qual foi a programação do evento:

Jogos Corporativos 

  • Exercícios práticos, como a integração de novos colaboradores funciona com a gamificação;
  • Como os jogos de aprendizagem corporativa podem melhorar a comunicação;
  • Porque os games corporativos simplificam e dão mais resultados aos treinamentos da sua empresa;
  • O que fazer para disseminar as metas da sua companhia de uma forma mais divertida e eficiente.

Quer ver como foi o 1º ENCONTRO, veja a Galeria de Imagens!

 



Gamificação pode melhorar os processos de Integração de Novos Funcionários

Gamificação pode melhorar os processos de Integração de Novos Funcionários

Descubra como melhorar os processos de Integração de Novos Funcionários e como facilitar o retorno prático de seus treinamentos no dia a dia

Receber bem os novos integrantes de sua empresa é uma ação essencial. Essa é a hora, por exemplo, de apresentar a história da companhia e mostrar como será o trabalho desse profissional recém-contratado.

Mais do que um momento de palestras e conversas, no entanto, essa é uma oportunidade para gerar resultados práticos desde o começo do trabalho, sabia?

Por isso, hoje, o AVATARH traz algumas dicas para melhorar sua Integração de Novos Funcionários e facilitar o retorno prático no dia a dia. Vamos lá?



integração de novos colaboradoresDescubra quais são os problemas que sua empresa pode estar enfrentando por causa da falta de integração e como você pode resolvê-los usando a gamificação

Era uma vez uma empresa que queria ser campeã de vendas e, para isso, investiu o que pode em novos produtos, sistemas e em propaganda. Só que, na hora H, o resultado não veio. Sabe o porquê? Simples: time mal integrado não ganha campeonato.

O cenário acima, acredite, é mais comum do que se imagina. Afinal de contas, empresas com problemas de integração de funcionários tendem a não conseguir inovar e melhorar suas estratégias de forma prática.



Transformação Digital ganha espaço inédito no CONARH 2018 coordenado por Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação

O LabDigital é um espaço inédito que une o conhecimento e a experiência do RH como protagonista das inovações em empresas. A novidade integrou a programação da 44ª edição do CONARH – Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas, que aconteceu entre os dias 14 e 16 de agosto de 2018, na capital paulista, com atividades diferentes e simultâneas, sempre nos períodos da manhã e tarde.



i9acao_tipos_de Novos FuncionáriosVeja quais são os principais tipos de jogos para Integração de Novos Funcionários disponíveis no mercado e conheça as características e vantagens de cada modalidade de gamificação

Era uma vez uma empresa que fazia sempre a mesma coisa para receber seus novos colaboradores: primeiro, eles faziam um tour por todo o escritório; depois, ouviam horas de apresentações com a história da empresa, missão, valores…

Bom, quem acompanha o AVATARH já sabe que esse processo de integração cheio de PPT e reuniões não é nada produtivo.



capa_revistamelhorEm entrevista à Revista Melhor, o nosso sócio-fundador, Fernando Seacero, fala sobre uma das grandes novidades CONARH 2018: o LabDigital, uma experiência que vai juntar profissionais de RH e Transformação Digital

Está chegando a 44ª edição do CONARH – Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas, o maior evento de Gestão de Pessoas da América Latina!

E, além de centenas de atrações, o encontro também será palco do LabDigital, espaço criado para levar conteúdo disruptivo ao público, promovendo o encontro entre os profissionais de RH e as novas tecnologias. 



i9acao - games - integracao de colaboradoresJogo para integração de colaboradores, desenvolvido pela i9Ação, simplifica gestão de 14 cooperativas de crédito, com mais de 600 mil associados, da região sul do país

O que você faria para motivar os funcionários a trabalhar em equipe e em sintonia com a cultura da sua empresa?

O pessoal do Sistema Ailos fez isso com o jogo Cooperópolis, solução gamificada criada exclusivamente para atender o desafio de integrar 14 cooperativas de crédito da região Sul do país. E o resultado foi muito bom, sabia?



Gamificação para Integração de FuncionáriosDescubra porque a gamificação para integração de funcionários pode ajudar sua empresa a gerar mais envolvimento e resultados desde o começo do trabalho

Você se lembra do seu primeiro dia de trabalho? Teve muita informação para memorizar e aprender? Sim, né?



Curso de IntegraçãoCom mais de 100 líderes de RH presentes, o Encontro de Integração de Novos Funcionários e Revitalização de Cultura Organizacional da i9Ação mostrou como melhorar a qualidade do trabalho a partir de jogos corporativos

Além de ser uma novidade crescente no mercado de trabalho, os jogos corporativos são uma forma diferenciada de estimular a aprendizagem dentro das empresas sabia? 

Essa foi a mensagem principal do  realizado pela i9Ação, em São Paulo, que contou com participantes de empresas como Sodexo, Bradesco, LATAM e Telefônica.

Quer ver como foi? Confira já nossa galeria de fotos:




LocaWeb_junho18(10)Matéria publicada na Revista Locaweb mostra como a gamificação para vendas pode ajudar a conquistar clientes e fidelizar a marca; Brasil já está à frente da Europa na aplicação dessa metodologia

Aqui no AVATARH a gente vive falando que a gamificação é capaz de engajar equipes e aumentar a produtividade das empresas.

 



i9ação
Descubra como e porque ter um aplicativo para eventos pode ampliar o resultado e o engajamento do público. Entenda a diferença que faz a gamificação pelo APP

Sabe quando você vai em uma palestra e, no fim, vê mais gente olhando para o celular do que para o palco? Pois é… os smartphones estão no centro das atenções do seu consumidor. Isso é fato.



gamificaçãoSaiba porque a gamificação se consolidou como estratégia para engajar funcionários e aumentar o crescimento das empresas. Afinal, trabalhar pode ser divertido

Lembra das atividades lúdicas da escola, com as quais você aprendeu a conhecer o mundo e a enfrentar seus desafios?



challenge-connected-connection-1080852

Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação, coordena espaço LabDigital, criado para levar reflexões sobre a área de recursos humanos de maneira totalmente inovadora ao CONARH 2018

As áreas de RH e tecnologia caminham de mãos dadas. É isso que o LabDigital, uma das grandes novidades da 44º edição do CONARH 2018 (maior congresso de Gestão de Pessoas da América Latina), vai mostrar. Afinal, se a era digital chegou para trazer melhorias nas empresas, por que a gestão de pessoas não pode fazer parte dela?



accomplishment-achievement-adults-1059118Descubra porque a aplicação de jogos de segurança do trabalho pode ser um caminho divertido e mais eficiente de treinar seus colaboradores para o dia a dia

Você é daqueles que acham que brincadeira e trabalho não combinam? Pois bem: e se a gente te disser que jogar pode ser a melhor estratégia para engajar e treinar sua equipe e,  além disso, para manter os riscos de sua operação mais longe, hein?



Safety_Box_LinkedIn

No dia 22 de maio, venha criar jogos de segurança do trabalho e capacitação de equipes que vão revolucionar a aprendizagem de sua empresa

Hoje, o AVATARH traz um superconvite para você que está em busca de novas formas de potencializar os treinamentos de seu time: é que no dia 22 de maio, a partir das 8h, vamos realizar nosso 1º Workshop Safety Box, dedicado à cocriação de Jogos de Segurança do Trabalho.



blur-board-game-cards-776654Descubra como o pessoal da i9Ação ajudou a ADP a criar seu jogo corporativo para 100 mil colaboradores no Brasil, América Latina e EUA

Quem já teve de fazer uma apresentação, por menor que tenha sido, sabe bem como é difícil atrair e prender a atenção das pessoas. Imagina, então, pensar no treinamento para uma empresa grande, com mais de 100 mil colaboradores…



gamificacaoDescubra o que é gamificação e como sua empresa pode embarcar nesta aventura repleta de diversão, engajamento, inovação e resultados 

A Gamificação tem atraído a atenção de grandes empresas para transformar a rotina e os resultados dos colaboradores por meio da aplicação de jogos corporativos.

Mas se ainda resta dúvidas sobre o tema, nós do AVATARH compilamos todas as informações para que você, sua empresa e seus colaboradores possam tirar o máximo dessa metodologia. Olha só:



IMG_1284Descubra como foi o primeiro Workshop da Amazing Game Builders, a nova plataforma de games digitais para aprendizagem da i9Ação

O mês de março marcou o primeiro encontro da nossa nova Plataforma de games digitais para aprendizagem: a Amazing Game Builders! E foi bem bacana, viu? Tivemos convidados especiais e a presença de profissionais do Hospital Albert Einstein, Telefónica, Cacau Show, Itaú e CWT, só para citar alguns!

E também tivemos muuuita gente que queria estar com a gente mas não conseguiu, principalmente porque não mora em São Paulo! Vocês pediram pra gente fazer uma transmissão online, mas o formato super interativo baseado em design thinking, post-its e unicórnios não permitiu – fiquem ligados que nossas próximas interações também serão digitais!



Aumentar as vendas com Gamificação: afinal, porque essa bagaça funciona?

“Jogos corporativos de aprendizagem parecem ótimos. Mas como podem aumentar as vendas de uma empresa?”.

Esta é uma das perguntas que a gente mais escuta, sabia? E para respondê-la, em detalhes, nós fomos atrás e fizemos este super bate-papo com Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação, que nos contou o seguinte:

Indo direto ao ponto: por que a gamificação ajuda uma empresa a ter melhores resultados?

A gamificação permite que todos os colaboradores da área de relacionamento ou vendas possam ver e entender como está a performance de toda equipe e o seu próprio desempenho.



WorkshopEm 20 de março acontece o 1º Workshop de COCRIAÇÃO da nova Plataforma de Games de Aprendizagem. Veja aqui como participar!

Se você precisa encontrar novas formas de aprender e ensinar e quer saber como usar a gamificação para transformar a aprendizagem corporativa, é o seguinte: o convite para cocriar o Amazing Game Builders está “caindo do céu” e o projeto é milimetricamente pensado para você.



storytelling gamificacaoSe seu desafio é engajar cada colaborador a aprender e a se conectar com as questões fundamentais da sua empresa, chegou a hora de entender o que uma solução eficiente tem de especial. Começando pelo Storytelling

O que é essencial para desenvolver uma solução de sucesso para aprendizagem e engajamento? Para responder a esta pergunta, e também para direcionar os seus primeiros passos para adotar metodologias eficientes, o Blog AVATARH está lançando a Série Princípios da Gamificação.

Então, se você sempre se perguntou porque a gente fala tanto em experiências gamificadas, prepare-se para compreender cada um dos recursos que envolvem esse universo.

E, para começar, vamos falar logo de cara sobre fabuloso mundo do Storytelling.

Senta, que lá vem história! E das boas…



Descubra como a gamificação funciona para elevar o nível de visão sistêmica do seu time, simplificando o jeito como seus colaboradores entendem o funcionamento da empresa

Aqui no AVATARH, a partir de hoje, você vai ver novos exemplos práticos para mostrar como essa bagaça (a gamificação) funciona para resolver os desafios corporativos! Iguais ao vídeo aí em cima…

Preparado? Então, let’s do it! 😊



Gestão de pessoasVeja dicas e ideia para evoluir suas ações de gestão de pessoas diante das transformações do mercado de trabalho

As mudanças do mercado de trabalho não param: temas como a flexibilização da jornada e home office, por exemplo, estão ganhando cada vez mais importância dentro das empresas. E o que isso quer dizer? Simples: sua estratégia de gestão de pessoas está sob pressão.

Para se ter uma ideia do tamanho dessa pressão, faça o seguinte: pesquise quantos conceitos e ideias existem, hoje, para ajudar nos desafios diários de uma equipe de Recursos Humanos.

Com certeza, você encontrará muitos, e com eles a dúvida sobre como saber lidar com tantas transformações e também evoluir em sua estratégia de gestão de pessoas.



Você que acompanha as postagens do Blog da i9Ação sabe que todos os meses têm uma galeria recheada com fotos dos games que criamos para nossos clientes. 

Este ano não vai ser diferente! Veja, na primeira galeria de 2018, as fotos dos nossos jogos mais recentes, feitos para as empresas: Vale, Carrefour, Grünenthal  e Cecred: 



img092Matéria publicada na Revista TED mostra como o mercado tem respondido à necessidade de cada vez mais facilitar a vida dos usuários; Texto destaca solução Time for Life, da i9Ação

Cada vez mais a qualidade de vida tem sido um tema estratégico para as empresas. Disso, claro, ninguém tem dúvida. A questão é outra: como essa demanda tem chegado, de verdade, à vida dos colaboradores? É justamente esse o foco da matéria “Mercado acompanha evolução dos programas”, publicado pela revista TED.

O texto aborda como os fornecedores de soluções corporativas têm reagido a este novo cenário, criando ferramentas capazes de reforçar a qualidade de vida dos usuários. E entre as novidades mostradas, destaque para o jogo Time for Life, da i9Ação!



Gestão de PessoasAssista nosso vídeo e confira porque os jogos corporativos podem transformar a estratégia de Gestão de Pessoas em seu negócio

Aposto que você já ouviu, por algumas vezes, que para sua empresa ter uma estratégia de gestão de pessoas eficiente, o caminho é investir em ideias inovadoras. Mas aí vem a dúvida: como fazer para inovar, com tantos novos conceitos que temos por aí? Isso é realmente possível?

Se você ficou em dúvida na resposta, nós temos uma boa notícia: é possível, sim, ter inovação e bons resultados no processo de desenvolvimento de equipes – e de uma forma divertida e prática. Quer ver?

Então, assista nosso novo vídeo, que traz o que nós fazemos aqui na i9Ação e mostra como podemos ajudar a formar uma visão mais estratégica do desenvolvimento de pessoas!




Estratégia de Team BuildingSaiba como transformar a inteligência da sua equipe em um diferencial para inovar em sua estratégia de Team Building. Veja, também, como a gamificação pode ajudá-lo na prática!

Você já viu aqui no AVATARH que a inteligência coletiva e o empoderamento criativo podem ser bastante úteis para aumentar a produtividade de sua equipe. Mas para isso funcionar, é preciso uma coisa: saber como usar esses elementos na hora de construir a estratégia de Team Building da empresa. Concorda?

Para transformar o potencial desses conceitos em ações reais, o primeiro passo é fazer algumas perguntas. Entre elas, pense:



Aprendizagem baseada em projetos

Quer valorizar a capacidade de sua equipe, desenvolvendo uma tomada de decisão mais rápida e efetiva? A aprendizagem baseada em projetos pode ajudá-lo a tornar isso realidade

Administrar bem uma equipe nem sempre quer dizer tomar a frente e ensinar todos os passos do dia a dia. Às vezes, é preciso saber criar formas para que seu time seja capaz de buscar a saída quando algum problema surge. É esse o conceito da aprendizagem baseada em projetos.



Veja algumas fotos do que rolou nos jogos aplicados! Os games foram criados de maneira exclusiva, cada um de acordo com o respectivo objetivo das empresas. Faça o seu! Entre em contato com a gente! 

 

capa-a-setima-piramide-2



CONARH 2018Texto publicado no informativo Pessoas de ValoRH, do Estadão, destaca o trabalho dos voluntários para o CONARH 2018

O CONARH 2018 já está marcado para acontecer entre os dias 14 e 16 de agosto do ano que vem, com o tema Protagonismo da Transformação. A ideia é mostrar como todos podem ser responsáveis por influenciar ações que façam a diferença nas empresas.

As novidades do CONARH 2018

Os preparativos para o Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas estão a todo vapor, como mostra o jornal O Estado de S. Paulo, com um informativo completo no caderno Pessoas de ValoRH. A edição apresenta como os aprendizados e conquistas da edição 2017 vão ajudar a construir um encontro ainda mais atrativo para congressistas e visitantes em 2018.




desenvolvimento da cultura corporativaDescubra porque o Empoderamento Criativo pode ser um caminho para acelerar o desenvolvimento da cultura corporativa em sua empresa e para gerar mais engajamento e motivação de seu time

OK, o tempo está cada vez mais curto e a quantidade de tarefas não para de crescer. Mas o que você faz, dentro de seu time, para lidar com esse novo cenário? Uma dica pode ser estimular o amadurecimento de sua equipe, a partir do chamado Empoderamento Criativo, ou Empowerment.

A gente já falou, aqui no Avatarh, o que é o Empoderamento e como você pode aplicá-lo. Mas talvez você não saiba o porquê e nem como o Empowerment vai melhorar de verdade seu dia a dia. Se esse é seu caso, pense o seguinte:



Game JAMComandado por Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação, Game JAM foi uma das atividades especiais do congresso internacional sobre estratégia e cultura organizacional promovido pela Harvard Business Review Brasil

Mostrar como é possível gerar aprendizado dentro de um ambiente de trabalho, utilizando ferramentas inovadoras de gamificação e empoderamento criativo. Este é o grande objetivo do Game JAM, experiência de cocriação de jogos desenvolvido pela i9Ação e que foi um dos destaques do HBR Brasil Week, congresso internacional sobre inovação, liderança, estratégia e cultura organizacional realizado pela Harvard Business Review Brasil.

Desenvolvido e apresentado por Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação, o LAB do Game JAM aconteceu no dia 26 de setembro, no primeiro dos dias de atividades que o Centro de Convenções FECOMERCIO SP recebeu no evento, com palestras, experiências e workshops sobre recursos humanos.



Empoderamento criativoVeja quais são os cuidados e condições essenciais para ter melhores resultados com o Empoderamento Criativo

Quantas vezes sua companhia precisou tomar uma decisão rápida para resolver um problema? E como seu time colaborou para propor essas soluções em cada uma dessas ocasiões? Se você acha que a participação do seu time pode ser melhor e mais eficaz, talvez seja hora de pensar em formas de valorizar o Empoderamento Criativo na sua equipe.

Para aplicar o chamado Empowerment, porém, é preciso tomar alguns cuidados e analisar bem as condições desse cenário. Por isso, preparamos algumas dicas para sua companhia ter sucesso nesse movimento. Confira:




Conarh 2017Confira o relato de Hana Taragona área de Comunicação e Marketing da i9Ação, com os principais destaques do CONARH 2017

São Paulo, terça-feira, 15 de agosto de 2017. Você talvez já não se lembre, mas o dia amanheceu frio e chuvoso, daqueles em que parece que o mundo esqueceu de acordar. Mas a cidade corria e borbulhava – como sempre. E o CONARH 2017 estava apenas começando.

Nesse dia, chegamos cedo na São Paulo Expo e corremos para tomar um café mais do que necessário. Mal sabíamos, mas mais de 10 mil pessoas passariam por aquelas portas para participar da feira e do congresso, ao longo dos próximos três dias.



CONARH

Ainda mais interativo, o aplicativo CONARH 2017, desenvolvido pela i9Ação, foi pensado para ajudar os visitantes da feira a terem mais informações e conhecimento sobre gestão de pessoas usando a gamificação

Entre os dias 15 e 17 de agosto, São Paulo recebe a 43ª edição do CONARH – um dos principais eventos sobre gestão de pessoas da América Latina. Mas uma das principais novidades já está à disposição de quem quer tirar o melhor da feira: é o App CONARH 2017, que está repleto de novidades.




Fazer com que seu time se sinta capaz de criar novas soluções para os desafios do dia a dia e disposto a abraçar a inovação: isso é o Empoderamento Criativo!Empoderamento criativo

Eu não sou criativo”. Você já deve ter ouvido essa frase milhões de vezes e, provavelmente, algumas delas vieram de dentro da sua equipe. De fato, com a maior rigidez dos processos corporativos, muita gente tem se achado incapaz de realizar qualquer ação fora de suas funções cotidianas. E é aí que o Empoderamento Criativo tem sido usado para reverter essa condição.



Eficiência do treinamentoVocê conhece a relação entre Gamificação, Aprendizagem e Engajamento?

Quer melhorar a performance, a comunicação, a interação entre as equipes e a aprendizagem em sua empresa? Saiba que essa tarefa pode ser muito mais simples aplicando a gamificação!

No Playbook: 10 Segredos para a eficiência de treinamento com Gamificação, Aprendizagem e Engajamento, disponibilizamos as principais práticas utilizadas por nós, ao longo dos nossos 15 anos de experiência, com o desenvolvimento e aplicação de games em grandes corporações e instituições.



CriatividadeO Game Jam motiva o engajamento dos jogadores, estimula a criatividade e os torna capazes de produzir um conteúdo rico em pouco tempo

Hoje em dia, as empresas precisam encontrar métodos para que possam fazer seus funcionários terem um ótimo desempenho, serem engajados e darem o máximo do potencial nas tarefas do trabalho.

E você sabe qual o método usado por grandes empresas? Os jogos corporativos. Sim, é isso mesmo! Empresas como Google, Telefônica, Santander e outras usam o Game Jam para desenvolver diversas habilidades de seus funcionários.



CONARHO app CONARH facilita a vida dos participantes tanto do congresso como da feira de negócios 

Os aplicativos estão tão presentes em nossas vidas que, iguais aos smatphones, não conseguimos mais viver sem. Muitos deles proporcionam interação, conexão, comunicação e até são usados para o networking.

É o caso do app CONARH 2017. Disponível para download nos sistemas Android e IOS, o app, desenvolvido pela i9Ação, disponibiliza o desenho do evento em trilhas de Conhecimento como, por exemplo: Estratégia, Liderança & Talentos entre outras, e os congressistas podem escolher uma das trilhas e personalizá-las de acordo com o interesse na programação.




Gamificação Corporativa

Diante da sonolência vista em treinamentos tradicionais, você já se perguntou como poderia evitar essa fadiga para o seu time de treinadores e de treinandos?

Que atire a primeira pedra quem nunca sentiu aquele sono durante um treinamento corporativo ou uma integração de novos colaboradores. Você certamente sabe o que é isso! Então, entender o que está acontecendo no modelo de suas capacitações é o primeiro passo para realmente caminhar rumo ao seu objetivo de ensinar – ao invés de ver sua equipe ‘pescando’ nas apresentações da empresa. Ao identificar que adultos aprendem apenas quando querem, o universo da  gamificação corporativa provavelmente pode se tornar a solução inspiradora para seus problemas (e para o seu time)!




Fernando SeaceroA trajetória do psicólogo e sócio-fundador da i9Ação é inspirAção para o post do blog O que você ser antes de crescer? 

Este é o nome do Blog de Raquel Jordão, arquiteta que, nos últimos meses, vem trabalhando em torno de um grande objetivo: apresentar histórias inspiradoras, com profissionais que tiveram longas e interessantes trajetórias até se descobrirem em suas devidas profissões.

Entre os casos apresentados por Raquel está a história de Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação. O texto aborda, por exemplo, os questionamentos vividos por Fernando antes de se encontrar na profissão – e como, até hoje, ele convive com os desafios para se manter em uma constante busca por equilíbrio, entre conseguir unir caos e ordem, e fazer explodir em criatividade.



GamificaçãoA gamificação é utilizada pelas empresas para despertar o potencial criativo e de inovação dos colaboradores

No universo empresarial, a cocriação de jogos corporativos é cada vez mais uma solução de treinamento. Hoje em dia, grandes e médias empresas estão adotando o Game Jam da i9Ação para despertar o potencial criativo e também para promover integração entre toda a equipe.

Para falar de engajamento, o Portal Gestão & Negócios publicou uma nota sobre como os jogos corporativos estão sendo utilizados para envolver os funcionários de maneira criativa. A nota aborda, inclusive, que a cocriação de jogos engaja por transformar os participantes em embaixadores do game criado.



A experiência do Game Jam foi aberta para executivos aprenderem como a gamificação é utilizada para o engajamento e a aprendizagem dos colaboradores

Para os executivos que precisam de uma ação diferenciada e eficiente com seus colaboradores e não conheciam o potencial dos jogos corporativos, foi oferecido, na última terça-feira (21), o Game Jam para disseminar a vivência de criar jogos empresariais. A iniciativa foi da i9Ação Treinamento e Desenvolvimento em parceria com o Espaço Fit, local do evento.

Publicado no Portal Mundo RH, o evento contou com a presença de 120 participantes, sendo 9 pessoas que já haviam participado antes. No total, foram 35 empresas e instituições representadas – como Cacau Show, Telefônica-Vivo, ESPM, KPMG, McDonald’s, TOTVS, Burger King, bem como, Caixa Econômica Federal e Associação Paulista de Medicina, que tiveram a experiência de cocriar jogos e conhecer a gamificação corporativa na prática.



Funcionários engajadosi9Ação foi destaque em reportagem sobre liderança

Segundo pesquisa elaborada pela Robert Half, empresa especializada em recrutamento, nove em cada dez empresas brasileiras possuem profissionais com perfil de liderança.  O problema, porém, é que a maior parte dessas companhias não conseguem identificar esses líderes por não terem programas sistemáticos voltados para essa descoberta.

Mas como isso impacta, de verdade, a rotina das empresas? Este foi o ponto de partida para reportagem do Portal Fecomercio, que contou com a participação de Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação e especialista no desenvolvimento de treinamentos gamificados.



TrabalhoAo entrar no mercado de trabalho, tenho certeza que não foi só minha a busca por uma forma de manter, ao menos, um pouco da sensação de criatividade e liberdade. Alguns encontraram!

Um dia, ainda na época de universidade, um amigo meu escreveu uma carta para si mesmo. A carta era uma despedida, da vida e da liberdade vivida até ali, para entrar (como ele definiu) no “mundo dos homens sérios, onde nosso pescoço é preso por uma gravata e nossas ideias limitadas por sua patente”.

A partir destas inquietações, iniciei meus estudos no último ano universitário sobre memória, desenvolvimento humano, engajamento e prazer no trabalho. E, após alguns anos de experiência de trabalho, percebi que a necessidade de metodologias e estratégias para facilitar o engajamento e a felicidade, em diferentes posições e funções nas organizações, era uma grande oportunidade.



Revista Infor ChannelPrimeira edição da revista aborda a diversidade de opções para o mercado de games, inclusive na utilização corporativa

A Revista Infor Channel, publicação voltada ao canal de distribuição de tecnologia, lançou sua primeira edição neste mês, trazendo uma série de notícias e novidades para o mercado de Tecnologia. Entre as matérias desta edição de estreia, destaque para a reportagem “Lições para o Canal”, sobre o universo gamer, que teve a participação Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação.

O texto aborda as diferentes possibilidades de negócios envolvendo mercado de games, inclusive para o setor corporativo, com soluções de Gamificação que podem agregar maior engajamento, integração e comunicação entre as equipes. Segundo Seacero, esta é uma oportunidade que começa a ganhar espaço até nas revendas de tecnologia.



LíderComo ter o melhor desempenho de um colaborador nos dias de hoje?

Entre as muitas mudanças que o universo corporativo tem sofrido uma, com certeza, está ligada ao conceito de hierarquia. Hoje em dia, o líder passou a ser aquele que está aberto a ideias, aceita opiniões e, o mais importante, trabalha junto com sua equipe. Portanto, quando o assunto é treinamento, os modelos tradicionais também ficaram para trás.

Com essa transformação, uma nova forma de desenvolvimento de pessoas que tem atendido a necessidade das empresas é a gamificação. Esse foi o tema central da matéria “O Jogo do Líder”, publicada na Revista Gestão & Negócios, edição 95, que destacou como o uso de jogos está sendo usado para melhorar o engajamento e a integração dos colaboradores, a partir de metodologias que focam itens como tomada de decisões, cooperação e aprendizagem acelerada de conteúdo complexo.



Confira o texto publicado no site Falando de Gestão, sobre a parceria entre a i9Ação e o Escape Hotel. Tema também foi alvo de reportagem do UOL, com destaque ao treinamento corporativouol

A receita parece simples – prenda meia dúzia de pessoas em uma sala com móveis cheios de objetos, paredes com anotações enigmáticas e passagens secretas, e dê 60 minutos para o grupo encontrar pistas que o levem a localizar a saída. A fórmula, criada em 2007 no Japão e batizada de real escape game, partiu da lógica de videogames do tipo ‘aponte e clique’ e, em movimento contrário à tendência de virtualização, buscou trazer para o real o que até então só se via na tela. Deu tão certo que, em três anos, a ideia já era replicada em mais de uma dezena de países. Mas isso foi apenas a primeira pista de que os jogos reais tinham fôlego para se tornar sucesso no mundo do entretenimento.

Os números falam alto: do início, em 2007, até meados de 2016, o total de salas de escape no mundo cresceu estonteantes 498.000%. Claro que esse é um percentual sem muito sentido, na medida em que parte de apenas uma sala. Basta, porém, observar a dinâmica do segmento entre 2014 e agosto de 2016 para notar que as coisas vão mesmo muito bem nesse novo mercado. Em 18 meses, o número de salas de jogos floresceu em mais de 870% no mundo – hoje elas existem em ao menos 1.016 cidades de 87 países. Segundo o Escape Room Directory, há no mínimo 2.175 locais de escape games, somando 5,1 mil salas de jogos. O Brasil é sócio relativamente recente do clube, mas já soma 32 locais – a estimativa é de cerca de 140 salas verde amarelas.



Game Jam da i9Ação

Desenvolvida pela i9Ação, a experiência Game Jam transforma a participação criativa de cada jogador em um elemento rico para a formação de soluções gamificadas

Criar jogos para treinamento é uma tarefa complicada? Nada disso! O Game Jam da i9Ação foi desenvolvido com o propósito de disseminar o potencial do game de aprendizagem por meio de uma experiência envolvente, divertida, produtiva e, além disso, gamificada!

A metodologia se tornou uma ferramenta de engajamento que começa pela criação coletiva. E deu tão certo, que passou a ser utilizada também dentro das empresas para despertar o Potencial Criativo e de Inovação dos colaboradores, bem como, para promover Integração e Sinergia.



iA9ção - gamificaçãoA partir da criação de uma semente de jogo no Game Jam da i9Ação, o Tribunal de Justiça de Santa Catarina escolhe a gamificação como estratégia para ampliar resultados do Programa Teletrabalho. Leia o case publicado no jornal O Estado de S. Paulo 

Muitas instituições judiciárias têm trabalhado em busca de soluções que elevem o padrão de qualidade em suas operações. Este é o caso do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC), que descobriu, em uma vivência de gamificação, que seria possível ter um treinamento mais eficiente, capaz de motivar os servidores através da valorização da criatividade de cada um. Combinando pontos do dia a dia com técnicas de gamificação, o TJ-SC conseguiu uma boa alternativa para os desafios do seu Programa de Teletrabalho.

Com foco em produtividade e qualidade de vida, o principal objetivo do Tribunal era encontrar uma forma para tornar o treinamento do Teletrabalho mais simples, prático e eficiente. Nesse cenário, todo o processo de aprimoramento de tarefas e de fixação de conhecimento deveria orientar e motivar os servidores a aderirem ao sistema do programa, sem comprometer a produtividade das equipes. Na prática, a meta era aumentar em 20% a produção dos cadastrados, além de melhorar a qualidade de entrega do trabalho e de vida dos servidores.



icon-1298908_640Ouça a entrevista com Luis França, diretor de RH & TI para a América do Sul da Kordsa Global, e saiba como o jogo personalizado desenvolvido pela i9Ação transformou as ações de Team Building para aumentar a qualidade dos processos da companhia

 

Saiba os resultados positivos que o jogo trouxe para a Kordsa! Escute, agora, essa entrevista inspiradora com Luis França:

1 – Qual era a necessidade da Kordsa Global antes de aplicar a gamificação?

 



9° Concurso Acelera Startup Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação, participou ontem, 07/11, do painel sobre a utilização de jogos e tecnologias em novos negócios; Durante o período da tarde, o executivo esteve presente nas ações de mentoria do concurso

Nos dias 7 e 8 de novembro, São Paulo recebe a 9ª edição do Concurso Acelera Startup, promovido pelo Comitê Acelera Fiesp (CAF), da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). O painel “Realidade Virtual/Aumentada e Games” recebeu o executivo Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação Treinamento e Desenvolvimento – uma das empresas pioneiras no setor.

Aberto a projetos e empresas de diversos segmentos, o encontro tem como objetivo explorar as oportunidades disponíveis para o desenvolvimento e fortalecimento de novas ideias e negócios no país. É nesse cenário que Seacero apresentou os diferenciais que têm transformado a gamificação em um elemento cada vez mais presente e importante para a gestão de companhias de todos os tamanhos.



Metodologia de PreferênciasMetodologia de Preferências Humanas, desenvolvida por Fernando Seacero, foi uma das práticas destacadas pela Folha de S. Paulo para mostrar a importância das análises comportamentais no mundo profissional

Qual a importância dos testes de personalidade e como podem ser utilizados para definir melhor os talentos e as oportunidades de cada pessoa? Qual o impacto na rotina do profissional ao conhecer os perfis de comportamento humano? Estas foram algumas das questões respondidas pela reportagem do caderno de Carreiras, no último domingo (23), da Folha de S. Paulo.

Entre outros detalhes, a publicação destacou a metodologia de Preferências Humanas, desenvolvida por Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação. O método utilizado pela i9Ação demonstrou, na reportagem, como a análise comportamental apoia os processos de seleção e gestão de Recursos Humanos das empresas e, além disso, como este tema pode significar novas possibilidades de desenvolvimento individual para os próprios profissionais, com o autoconhecimento em evidência.



A Sétima PirâmideO mais novo Playframe da i9Ação reúne estratégia e fantasia para o desenvolvimento de competências dos participantes

Jogos de Aprendizagem podem ajudar, e muito, a estimular a participação e o engajamento de seus colaboradores. Mas, para isso, é essencial que o game tenha uma trama envolvente, cheia de estímulos, que mistura Storytelling e a metodologia de Bioaprendizagem. E é este o objetivo do A Sétima Pirâmide, o mais recente Playframe da i9Ação, criado para treinar e desenvolver as pessoas com maior eficiência e interatividade.

Recheado de elementos estratégicos, este game é uma verdadeira aventura colaborativa, que observa e pratica competências como visão sistêmica, colaboração, empatia, flexibilidade, comunidação assertiva, relacionamento interpessoal, inteligência emocional, entre outras.



Fernando SeaceroEm outubro, Fernando Seacero levará a gamificação como um dos temas de destaque em eventos em dois dos principais eventos do setor de Recursos Humanos no país (saiba mais sobre o evento em DF)

Especializada no desenvolvimento de jogos e soluções criativas para o mercado corporativo, a i9Ação Treinamento e Desenvolvimento marcará presença na 11ª edição do Congresso de Gestão de Pessoas da ABRH-BA, em Salvador (BA), que acontece nos dias 6 e 7 de outubro. Já no dia 19 de outubro será a vez de Brasília, com participação no ENCONTRARH 2016 – 26º Encontro Anual de Recursos Humanos do Planalto Central, realizado pela ABRH-DF.

Durante o evento em Salvador, Fernando Seacero, sócio-fundador da i9Ação, comandará o Game Jam, vivência de cocriação de jogos empresariais. Em Brasília, a temática da palestra será “Games – Aprendizagem e engajamento para vencer desafios complexos”, mostrando como a utilização dos recursos de gamificação podem apoiar o dia a dia das empresas.


1 2 3 22